Vinhos internacionais

O gaúcho não precisa ir muito longe para degustar bons vinhos. O Rio Grande do Sul é a principal referência quando se fala da produção da bebida em âmbito nacional. Mas para os que desejam se aventurar em sabores internacionais, é possível encontrar no Mercado Público opções de diferentes países.

 

Rustini Cabernet Malbec

Vinho de altas pontuações que chama atenção pelo equilíbrio. É produzido em Mendoza, na Argentina, com uvas Cabernet Sauvignon, que contribuem para a sua estrutura, e uvas Malbec, fruta madura com taninos macios. Um vinho feito à moda europeia. Pode ser harmonizado com carnes vermelhas, massas e queijos. É vendido em garrafas de 750 mL.

 

 

Tarapaca Reserva Cabernet Sauvignon

Uma bebida de cor vermelho rubi com aroma de cassis, framboesa madura, baunilha e pimenta preta. Sabor redondo, de boa estrutura, taninos suaves e equilibrados. A sua produção é feita em Valle Del Maipo, no Chile, e o vinho distribuído em garrafas de 375 mL. Harmoniza bem com carnes vermelhas e de cordeiro, além de saladas.

 

 

 

Monte Velho Branco

De paladar firme, intenso e equilibrado, esse vinho é de origem portuguesa, produzido na região de Alentejo. O seu aspecto cristalino traz aromas com notas de frutas brancas frescas, advindas de uvas locais, como Antão Vaz, Roupeiro e Perrum. A harmonização se dá por meio de aves, saladas e tortas. É vendido em garradas de 750 mL.

 

 

 

Santa Cristina Toscana

Amadurecido em barricas de carvalho na região de Toscana, na Itália, esse vinho traz notas delicadas de cerejas e frutas vermelhas maduras, típicas das uvas Sangiovese e Syrah, que misturam-se com as sensações balsâmicas características do Merlot. O seu paladar é amplo e flexível, podendo harmonizar muito bem com carnes vermelhas e aves. Pode ser encontrado em garrafas de 750 mL.

 

 

Fotos: divulgação

COMENTÁRIOS