Vestiário e banheiro masculinos entregues, e gás sob administração da Ascomepc

Vestiário e banheiro masculinos entregues, e gás sob administração da Ascomepc

 

Este mês foram entregues o vestiário masculino e o segundo banheiro masculino do piso superior. Além disso, o gás utilizado por bares, restaurantes e lancherias passa a ser gerido pelos próprios permissionários, através da Ascomepc. Conquistas que qualificam o Mercado e o dia-a-dia dos mercadeiros.

 

O gás utilizado por cerca de 25 bares, restaurantes, lancherias e padarias, antes sob administração da SMIC, por decreto municipal passou à administração da Ascomepc (Associação de Comércio do Mercado Público Central). Isso quer dizer que as negociações com empresas para os contratos de fornecimento do gás agora são feitas diretamente pela Associação, sem interferência do poder público. “Por isso, já de imediato, a gente está conseguindo vislumbrar significativas reduções de custo para os usuários do gás, algo em torno de 40%”, informa Paulo Göttert, presidente da Ascomepc. O valor é dividido entre os estabelecimentos individualmente. “A gente dá os parabéns a todos os envolvidos no processo”, completa Paulo. Leando Souza, da Padaria Copacabana, comemora a transição: “É um grande ganho para nós. Fica a nosso dispor, que é quem usa o gás”.

 

Vestiário e banheiro masculinos prontos para uso

 

Com reforma anunciada há mais de um ano, o vestiário masculino foi entregue este mês aos permissionários e funcionários. Com revestimento em granito, oferecendo box com chuveiros, sanitários e mictórios, além de um funcionário para manutenção e limpeza, o vestiário já pode ser utilizado. A manutenção e limpeza é feita por uma empresa terceirizada, sob administração da Ascomepc. “É uma conquista, a gente vibra por ter conseguido, e espera que o pessoal valorize aquele espaço”, diz Paulo. Enquanto o vestiário feminino não fica pronto, os banheiros da sala de descanso são exclusivos para uso delas. Segundo Adriana Leão, da SMIC, o vestiário feminino já está em obras, e deve ser entregue em 90 dias: “A empresa já começou as demolições”, informa. O banheiro masculino do segundo piso também foi entregue, e o feminino do quadrante quatro (o último banheiro em obras no pavimento) deve, segundo Adriana, ficar pronto em um mês.

 

Foto: Letícia Garcia 

COMENTÁRIOS