Um piano no Mercado

Um piano no Mercado

Projeto Piano Livre chega ao Mercado Público este mês para promover a música em meio ao corre-corre diário

A inauguração do Projeto Piano Livre aconteceu dia 5 na Usina do Gasômetro. Foram apresentados os 10 pianos que serão distribuídos ao longo de novembro em nove pontos de Porto Alegre e um de Canoas, em locais públicos e de grande circulação – abertos ao uso de quem estiver interessado. Cada piano foi trabalhado por artistas locais, tornando-se, pode-se dizer, uma obra de arte antes mesmo de soltarem qualquer nota. André Venzon, Ananda Kuhn, Cauan Rolin, Chana de Moura, Daniel Eizrik, Cadu Peixoto, Angela Longo, Carla Barth e Lídia Brancher foram alguns dos artistas que deixaram sua marca nos instrumentos. Após a inauguração, que contou com apresentações de nomes como Hique Gomez, Francisco Marshall, Leandro Faber e Sofi a Idiart, os pianos ficaram expostos na Usina até dia 12 – e então o projeto começou a ir para rua, um piano de cada vez.

Notas pela cidade

Os pianos estarão em locais como a Rodoviária, a estação Trensurb Mathias Velho, a Restinga e o campus central da UFRGS. O Mercado Público, claro, não poderia fi car de fora, e vai ter um piano também. Cada inauguração vai contar com a apresentação de um artista convidado. No Mercado, será dia 22, às 16h, com Ananda Kuhn tocando ragtime e blues. Depois disso, todos estão convidados a se aventurar a tocar. Iniciativas de incentivo ao ensino de piano serão bem-vindas, utilizando os pianos expostos como “sala de aula rápida”. Os instrumentos fi cam em Porto Alegre e Canoas até abril de 2015 e terão afi namento periódico durante todo o período.

Play me

Piano Livre foi inspirado no projeto inglês “Play me, I’m Yours” (“toque-me, sou seu”), que começou em 2008 e desde então já espalhou mais de mil pianos em 45 cidades ao redor do mundo, da Europa à Oceania. Aqui no estado, os pianos foram adquiridos do ex-vendedor Person Antonio Fontes, que tem um acervo de cerca de cem pianos. O Projeto Piano Livre é uma realização da Mata Hari, Person Piano e StudioClio, fi nanciado pela Secretaria do Estado da Cultura e com apoio de Alt Artes, Distrito C, Hostel Boutique, Humanus, mínima.fm e Multicenter. Confira mais na página:facebook.com/pianolivrepoa

COMENTÁRIOS