Tudo de Bom

ESPECIAL, Natal no Mercado

 

O Mercado tem tudo que não pode faltar no Natal e nas festas de fim de ano. Uma grande variedade de produtos e sugestões de presentes a cada banca. Além de bons lugares para fazer uma pausa de almoço, lanche, café ou um happy hour entre as compras. 

 

Foto: Thaís Marini Maciel

 Frutas Secas

Muito requisitadas para dar toques de sabor, aromas e até estéticos, as frutas secas ou cristalizadas abundam nas bancas mercadeiras. Damasco, passas, mas também nozes, avelãs, castanhas e uma infinidade de grãos e outras delícias esperam por você. Muitas e muitas bancas do Mercado oferecem especiarias: Armazém 28, Armazém do Confeiteiro, Armazém Metropolitano, Banca 12, Banca 17, Banca 43, Banca do Holandês, Empório 38, Macrobiótica Sauer.

 

 

 

Champanhe

Ou espumantes, ou sidras, ou vinhos: seja qual for sua bebida preferida, encontrará nas bancas especializadas do Mercado. Inclusive sucos, refrigerantes, frisantes, cervejas artesanais e destilados em geral. Mas, claro, o que não pode faltar é a velha, boa e tradicional champanhe para brindar a chegada do novo ano. O Mercado têm variedades de bebidas e, de longe, o mais procurado nessa época é o espumante Brut seco. O Empório 38, especializado em bebidas, oferece marcas que não se encontram nos supermercados convencionais, como Almaúnica, Casa Valduga, Cavalleri, Cave de Pedra, Marco Luigi e Pizatto, feitas com um cuidado maior na elaboração. Já os vinhos são muito procurados para presente. Banca 43, Bar e Choperia Essencial e Restaurante Gambrinus também são bancas que oferecem opções de bebidas para levar para casa.

 

Foto: Thaís Marini Maciel

Panetone 

De todos os tipos e marcas, para todos os gostos. Do tradicional, com passas e frutas cristalizadas, ao chocotone, passando por bolinhos, cupcakes, brownies, bolachas, tortas e salgados. Custam, em média, R$ 10 os grandes e R$ 2,50 os pequenos. Armazém Doce, Mercado Doce, Padaria Copacabana, Pan-Americano e Pão de Açúcar oferecem panetones prontos, além das Bancas 43 e do Holandês, que oferecem o Stollen, panetone de receita alemã que leva mais frutas do que massa.

Agora, se a ideia for fazer um panetone caseiro, muitos armazéns oferecem os ingredientes e instruções necessários. Fôrmas e misturas de base para o panetone, glicerina destilada, essência e aromatizante, gotas de chocolate e, claro, toda sorte de frutas cristalizadas, uva passa, ameixa e mais itens para o recheio. Muitos são cobrados em kits com desconto, rendendo, inclusive, para quem quiser fazer um dinheiro extra. Armazém Camel, Armazém do Confeiteiro, Armazém do Mercado, Banca 12, Comercial Martini, Gueno e Martini 141 são as especializadas neste quesito.

 

Lentilha, azeites, azeitonas e conservas

Bons azeites são importantes, tanto para frituras como para saladas. Nas últimas, o acompanhamento, para muitos sagrado, são os vinagres. As tradicionais azeitonas não podem faltar, recheadas, pretas, à grega, embaladas ou a granel. Os enlatados e conservas também são destaque: sardinhas, frutas em calda, embutidos, ervilhas, lácteos em geral, temperos, extratos… E, no Mercado, dificilmente você não vai encontrar o que procura. Completando a mesa no acompanhamento de carnes e saladas, não esqueça a lentilha – segundo reza a lenda, traz muita sorte para o ano seguinte. No Mercado, são diversas bancas com tudo para o prato, que, além da própria lentilha, apresentam grande variedade de carnes, como costelinha, bacon, linguiça e linguicinha fi na. E mais orégano, temperos em geral, azeitona a granel, pepino, ovos de codorna, champigon e, veja só, tender defumado. Especiarias, lentilhas e acompanhamentos estão nas bancas Armazém 28, Banca 17, Banca 26, Banca 43, Banca 47, Banca Central, Banca do Holandês e Empório 38. Não esqueça dos temperos para tudo isso! As Bancas 10 e 11 e os boxes de hortifruti – 2 Unidos, Bagé, Alemão, Pereira, Poliervas, Ponto Certo, Temperos e Sabores, Tio Raul – estão lá para servir. Com compras no Mercado, impossível não compor uma bela mesa de fim de ano.

 

Fotos: Thaís Marini Maciel

Peixes e Bacalhau

Com suas famosas peixarias, que fi zeram a tradição do Mercado, os clientes têm muitas opções para escalar o saudável peixe nas festas de fi m de ano. Nesta época, o que mais sai é tainha, corvina e anchova para assar. Mas também filés prontos de anjo, pescada, abrótea e merluza, sem esquecer do camarão, perfeito para recheios e saladas. São sete peixarias no Mercado: Collar, Coopeixe, Duporto, Japesca, Mar Azul, Rainha do Mar e São Lourenço. Outro dos pontos mais fortes do Mercado: o bacalhau. São várias bancas oferecendo o produto: Armazém 28, Banca 26, Banca 43, Banca Central, Banca do Holandês, Empório 38. Geralmente apresentam sua especialidade logo na entrada, com mercadeiros atenciosos que podem orientar o delicado preparo. As vendas do produto crescem nesta época, e são vários tipos disponíveis: Saithe, Ling, Porto, Gadus Morhua… Congelados, com pele (média de R$ 35 a R$ 70) ou sem (média de R$ 60 a R$1 20).

 

 

Natal Light

Para quem prefere um Natal mais light ou orgânico, o Mercado é rico em bancas nessa área. Produtos naturais e saudáveis em grande variedade: castanha do Pará, damasco, uva passa, nozes, quinoa (produto que está “na moda”, fonte de proteína, que pode ser feito com o arroz ou mesmo substituí-lo). Ainda arroz integral cateto e amendoim para fazer uma farofinha. Para quem quiser fazer um bolo ou uma cuca, aveia e farinha de arroz sem glúten. Bancas conhecidas por suas opções naturais são o Armazém Metropolitano, a Banca 12, a Banca 13, a Carel e a Macrobiótica Sauer.

 

 

Frutas da Virada

As Bancas 10 e 11 são sinônimo de frutas no Mercado. Cereja, ameixa, pêssego, mamão, melão gaúcho, laranja de umbigo, abacaxi e uva dedo-de-dama são as frutas que mais saem nessa época. Se quiser colorir sua mesa e deixá-la mais saudável, as duas bancas estão bem abastecidas. E para aquela simpatia de comer uvas na virada, para ter dinheiro e prosperidade no novo ano? Já sabe onde passar.

 

 

 

Pausas para Abastecer

Bateu aquela fome enquanto fazia as compras? Muitos restaurantes, cafés e lanchonetes estão espalhados pelo Mercado, com opções variadas de sabores e preços. Bom apetite!
Restaurantes e bares: Bar 26, Castelo, Embaixador, Essencial, Estação Pastel, Gambrinus, Gaúcho, Havana, Lancheria Luz, Mamma Julia, Metrô, Naval, Pires, Santa Cruz, Santos, Sayuri, Sushi Seninha, Taberna 32, Temakeria Japesca.
Cafés e sorveterias: Banca 40, Beijo Frio, Café do Mercado, Padaria Copacabana, Pan-Americano, Pão de Açúcar.

 

 

Bancas Religiosas

Fim de ano é o momento de reforçar a espiritualidade. No Mercado, são quatro bancas de produtos religiosos, com foco em religiões de matriz africana, com uma gama muito grande de itens essenciais – velas, incensos, materiais para oferendas, ritos e obrigações religiosas. São as floras Bandeira, Hana Noka, Kolesar e Rainha do Mar, cada uma próxima a um portão do Mercado. Fim de ano é época de fazer uma “limpeza” e agradecer aos orixás – e é grande a variedade de banhos de descarrego, uma linha completa com banhos prontos (ervas verdes secas, é só ferver) para cada orixá. Além de bandejas prontas para fazer as oferendas, principalmente na virada do ano, quando muda o orixá que vai reger o ano; 2016 será regido por Yemanjá, a rainha das águas. Axé!

 

 

Chester, peru e carnes

Tudo como manda a tradição natalina: muitas aves. Para o jantar de virada, nada melhor que peixe, que nada para a frente, ou porco e leitão, que fuçam para a frente – as conhecidas tradições e crenças do período. E, assim como as peixarias, o Mercado tem uma pequena rede de ótimos açougues: Açougue Big Bife, Açougue Ildo Pozzebon, Banca A, Casa de Carnes Santo Ângelo, Costelão do Mercado, San Remo Carnes, Supermercado de Carnes Rodeio. Bruster, chester e peru são as vendas mais fortes. Já para o ano novo, leitão, porco com pele, lombinho e pernil. Como está difícil de conseguir leitões com os fornecedores, os açougues costumam colocar, pelo menos, a cabeça do suíno à venda, já que as pessoas gostam de pôr na mesa, obedecendo a tradição de fuçar para a frente.

 

 

Sugestão de presente

Quem não gosta de ganhar um presentinho? Às vezes vale mais até pela lembrança. Nas bancas do Mercado, você encontra várias opções: produtos típicos gauchescos, boas cachaças, livros, artigos para pet, bolachas natalinas e ainda as tradicionais cestas de Natal, que também são uma ótima opção para quem quer dar um bom presente neste fim de ano. Para quem quiser dar um presente gaudério, são várias opções: espetos para churrasco, facas, chairas, cuias trabalhadas, porta-ervas, mateiras de couro ou lona e garrafas térmicas de vários modelos e tamanhos. Várias opções também de bancas que se especializaram no Rio Grande: Banca 25, Casa da Erva-mate (banca 33), Ponto do Chimarrão, Rancho Gaúcho e Rancho Nativo (banca 2). Quer presentear seu bichinho ou o de algum amigo? As agropecuárias Banca 14, Banca 15 (loja 69), De Paoli e Loja do Galo têm vários mimos e utilidades. Se quiser dar um peixinho de presente, a Stanivet Pro Aquários tem várias espécies. Artesanato no box da Asposol, além de opções nas feiras que acontecem pelos corredores do prédio – Feira da Economia Solidária, Feira Temática, Feira do Vinil, Feira de Artesanato, Feira do Gibi e Feira de Antiguidades. Para quem gosta de leitura, a Banca de Revistas do Julio tem para todos os gostos, de literatura clássica a bestsellers, além de revistas e cruzadinhas. Algo mais específico? O Café do Mercado montou três kits diferenciados para presente, com 500 g de café, lata acondicionadora, caneca, filtros e cafeteira Moka, com preços que vão de R$ 69 a R$ 250. O cliente pode montar seu próprio presente na loja, se desejar. Já a Cachaçaria do Mercado oferece várias e boas opções dessa bebida típica do Brasil, com embalagens para presente, como caixas de cachaça branca e envelhecida com copos, cachaças de bolso, kits de caipirinha e muitos produtos diferenciados.

COMENTÁRIOS