Torneio dos Permissionários e funcionários do Mercado Público

O torneio aconteceu no dia três de agosto, domingo, e contou com a participação de 13 equipes livres. Os jogos se realizaram no Salão Poliesportivo 7-5, durante todo o domingo. Organizado pelo quarto ano consecutivo por Lázaro Kieling. Ele lembra que a sua satisfação é ver os permissionários e funcionários nesta grande confraternização: ‘ Quem é de fora e está participando porque já trabalhou no Mercado. Acredito que os favoritos sejam Café do Mercado e a Banca da Erva Mate e os mesmos vencedores do ano passado peixaria São Lourenço e Banca do Holandês’.

Dentre os permissionários Jefferson Spolavori, proprietário da banca Ponto do Chimarrão e agora técnico da equipe da Erva: ‘O pessoal está cada vez mais unido, o clima é descon­traído. Não teve nenhuma briga, aqui o que vale é a participação’. Isso não ficou apenas em seu discurso, pois o próprio Jefferson uniu três bancas para disputar o torneio, juntamente com Ponto do Chimarrão estavam as bancas 33 e 37.
Os jogos contaram com um trio de arbitragem experiente composto por André Naimayber, Ivan Rosa e Lauro Costa, todos associados a AGAFUSA (Associação gaúcha de arbitragem de futebol de salão). Conforme ocorriam os jogos, o pessoal conhecia os favoritos. Chegaram às semifinais as equipes: Peixaria São Lourenço x Café do Mercado, jogo vencido nas penalidades pelo Café do Mercado. A outra semifinal teve enfrenta­mento entre as equipes: Banca do Holandês x Café Pana­me­ricano, vitória da equipe do Café Panamericano com saldo de dois gols a zero.

A final mostrou que, como acontece no dia-a-dia, sempre buscamos um bom café, o ‘pretinho básico’ deve ter estimulado as duas equipes. Antes de se enfrentarem as duas equipes se reuniram na quadra e saudaram a união e o espírito de participação. Na disputa entre o Café do Mercado e o Café Panameri­cano, mostrou-se um ‘capuccino’ a equipe do Café Mercado, sagrando-se campeão após uma vitória por dois gols a zero. Jefferson Katsumi Abe, jogador do Café do Mercado, destacou a importância da união do grupo: ‘ Tivemos tranqüilidade para errar, sem cobranças entre os companheiros. A união faz a força.’

 

Premiação:
1º Café do Mercado – Troféu, Medalhas e Fardamento
2º Café Panamericano – Troféu, Medalhas e Fardamento
3º Peixaria São Lourenço – Troféu e Medalhas
Goleador: Luís Godoy (Café Panamericano)- 6 Gols
Defesa menos vazada: Café do Mercado.

COMENTÁRIOS