HomeEspecial

Salada, camarão e cerveja

Salada, camarão e cerveja

 

O jovem chef Marcelo Schambek, 23 anos, formou-se em gastronomia na Unisinos e vem trabalhando na área desde os 17. Veja o que ele sugere para a estação.

 

O segredo para ele é valorizar os produtos da época. Justamente por ser quente a estação chama muito frutos do mar. “Por ser mais leve e da safra  o  camarão é de  melhor a qualidade e o preço baixa bastante”, afirma. Lembra que o importante é comprar o camarão fresco, com casca e cabeça por estar, assim, mais protegido e conservado. Com os pratos de camarão, a harmonização sugerida por ele é à base de cerveja. “O vinho bate muito com os temperos orientais que são mais apimentados e condimentados”, diz. E a casa dispõe de uma cerveja fermentada com casca de laranja e coentro, cítricos que harmonizam bem e dão uma suavizada nos temperos fortes. Ou então, um vinho branco, bem novo e leve. Também sugere, além da salada, fazer um camarão assado em churrasqueira, na grelha, tipo uma parrillada. “Tempera com pimenta do reino, ervas frescas e limão, mas tem que ser rápido, dois ou três minutos”, ensina. Segundo o chef não se deve deixar o camarão cozinhar muito para não perder umidade e textura. Neste caso o camarão deve ser feito inteiro, com casca e cabeça. Também sugere a vapor, mas não recomenda camarão frito porque a fritura mascara muito o sabor.

 

Entrada com salada oriental, com pepinos, algas de sushi, camarão salteado em azeite, bem temperado com alho, vagens holandesas, batata doce, inglesa e mandioquinha, e para arrematar, um molhinho oriental, tailandês.

 

Aproveitando um espaço da família, Marcelo abriu em 2007 o restaurante Del Barbiere, Café & Bistrô, um espaço diferenciado, que só atende com reservas, em pleno Centro Histórico da cidade.

                                                                                                                                                               Fotos:Fabrício Scalco/JM

COMMENTS