Roteiro do Mercado: O Natal passa por aqui

Roteiro do Mercado: O Natal passa por aqui

Momento mais importante do ano na vida do Mercado, o Natal é marcado por sentimentos, emoções e compras. E nele todos encontram de tudo para viver os momentos especiais desta grande data, desde as compras mais simples, presentes, até as mais sofisticadas opções. Acompanhe aqui um roteiro para suas compras.


Foto: Thaís Marini Maciel

Confeitos e doces, as doçuras do Mercado

O Mercado tem muitas opções do gênero, que vão de chocolates para presente até preparos para doces no Natal. A banca Comercial Martini, por exemplo, tem todos os produtos de confeitaria. É possível adaptar doces para o Natal, como cupcakes, por exemplo, que podem ser modelados com Papai Noel de confeito ou com pasta americana – que a banca oferece em várias opções –, assim como biscuits de açúcar prontos. Também um mundo de embalagens e caixinhas para panetones e bombons. O forte neste ano está sendo o papel arroz com desenhos de Natal, um papel comestível para ser aplicado em cima dos doces.


Foto: Thaís Marini Maciel

Neste gênero, a Gueno é outra opção: tem uma linha completa de produtos para confeitaria. Também para a produção de panetones caseiros, essências, frutas secas. Tudo que envolve não só panetones, mas tortas e bolos. Nas embalagens, muitas opções para panifi cações e sacos plásticos. A Gueno também trabalha com uma linha de sorvetes no verão.


Foto: Thaís Marini Maciel

O Armazém do Mercado oferece muitos produtos com a temática natalina – fôrmas, cortadores de biscoito, sacos decorados. Já no Armazém do Confeiteiro também há tudo para panetone, e ainda Armazém 155 e Martini 141 completam o rol de opções na busca por preparos para o Natal.


Foto: Thaís Marini Maciel

Para quem quiser doces prontinhos, as bancas Armazém Doce e Mercado Doce são possibilidades. Os destaques no Mercado Doce são chocolates artesanais, como pequenos Papais Noéis, botinhas e bengala de chocolate, pão de mel artesanal, pinheirinhos, bonequinhos de neve – tudo em pacotinhos variados ou unitários. Cestas prontas de chocolate de Gramado e uma linha de produtos importados com biscoitos e chocolate também são destaque. O Armazém Doce também oferece opções temáticas: Papai Noel de chocolate, placas de Feliz Natal de chocolate, chocolate de Gramado (Viena), cestas natalinas de doces, além de balas e vários doces para quem quiser montar a sua própria cesta.
Foto: Thaís Marini Maciel

Especiarias, sofisticadas delícias

O Mercado vem ganhando destaque pela qualidade de produtos que reúne – hoje existem opções para todos os gostos e bolsos. A Banca 43, uma das pioneiras em especiarias no Mercado, é uma dos preferidas dos profissionais da gastronomia e dos apreciadores de bons produtos nacionais e importados. Queijos, presuntos (inclusive o Pata Negra, espanhol), filés de bacalhau são algumas das suas atrações.

O Empório 38 é relativamente novo, mas um espaço que já se afirmou como uma das referências na área gastronômica. Frutas secas, azeites em embalagens especais para presentes, panetones, frios de qualidade, queijos, presuntos, azeitonas e grãos são algumas das opções para uma boa mesa. E uma grande linha de espumantes de vários preços.

Já a Banca do Holandês, uma das mais famosas, tem frutas secasbacalhau, panetone alemão Stollen (que traz há muitos anos) e frutas cristalizadas, em especial o figo, que faz muito sucesso. É roteiro obrigatório de quem é (ou não) do mundo gastronômico.

A Banca 26 traz toda a sua variedade: bacalhau, frutas secas, castanhas, amêndoas, nozes, azeites, conservas (como azeitonas), panetones – tudo isso e muito mais você encontra nesta que é uma das bancas com maior diversidade do Mercado.

E na tradicional Banca Central, uma linha completa de fiambres, carnes, embutidos em geral com grande variedade. Queijos e linguiças também são um espetáculo à parte, e nas mesas natalinas.

Peixarias, o Mercado vendendo o seu peixe há mais de um século

Um dos símbolos do Mercado, o peixe está associado a sua imagem desde a sua fundação.


Foto: Thaís Marini Maciel

 
Foto: Thaís Marini Maciel

São oito peixarias com anchovas, tainhas, bagres, filés de linguado, salmão, abrotea e uma infinidade de outras espécies, tanto do mar como de água doce. E, claro, muitos frutos do mar.

O destaque para o Natal, como indica a Japesca, é o camarão, muito procurado nesta época.

As peixarias do Mercado:

Collar, Coopeixe, Duporto, Japesca, Propesca, Rainha do Mar e São Lourenço.

Açougues, no Mercado a carne nunca é fraca

 

Festas de fim de ano exigem carnes, brancas e vermelhas. As primeiras para o Natal são aves, principalmente, do peru ao frango. Para o ano novo, as de porco (segundo a tradição, “para fuçar para a frente”), cordeiro, carneiro e de gado para as churrascadas. No Mercado são oito açougues, completos, para você fazer a festa: Açougue Big Bife, Açougue Ildo Pozzebon, Banca A, Casa de Carnes Rodeio, Casa de Carnes Santo Ângelo, Costelão do Mercado e San Remo.

 
Foto: Thaís Marini Maciel

Bancas de frutas, madurinhas para você

Um verdadeiro paraíso de frutas nacionais, exóticas e importadas, de várias espécies. Muitas opções de frutas para o ano novo, como romã, uva, ameixas, pêssegos e maçãs. A Banca 10 e a Banca 11 oferecem esta variedade. 

 
Foto: Thaís Marini Maciel

Hortifrutis, saladas e saúde na sua mesa

Fartura de legumes e verduras fresquinhas, além de ervas finas e temperos, como adobo (uma mistura de temperos como orégano, cominho, pimenta, salsa e alho) e outras coisas que só se encontram no Mercado. São oito opções: Box 2 Unidos, Box Bagé, Box do Alemão, Box do Pereira, Box do Tio Raul, Box Poliervas, Box Ponto Certo e Box Tempero e Sabores.


Foto: Thaís Marini Maciel

Padarias, o pão nosso de cada dia

Na Padaria Copacabana, pães, cucas, tortas e, para entrar no espírito de Natal, panetones. Também as padarias Pão de Açúcar e Pan-Americano oferecem grande variedade de todos os tipos de pães, doces e forneados. Uma festa não pode passar sem doce: tortas, quindins e outras delícias que ninguém resiste também podem ser encontrados no Quiosque Pão de Açúcar. 

Armazéns, grãos e naturais, Natal saudável

Para a noite de ano novo, nada melhor que uma lentilha para trazer fartura. O Armazém 28, que já é especialista em feijoada, também tem todos os preparos para lentilha e seus acompanhamentos, como costela de porco, linguiça e até focinho de porco. Além dele, as bancas 17 e 47 também são completas. Na busca de grãos e produtos naturais para um Natal saudável, os especialistas no Mercado são Armazém Metropolitano, Banca 12, Banca 13, Carel e Macrobiótica Sauer. Já a Loja da Reforma Agrária também oferece produtos cultivados e preparados por seus integrantes. 


Foto: Thaís Marini Maciel

Presentes, boa variedade

São muitas bancas e muitas opções – basta você ter um pouquinho de imaginação e querer presentear. Tem até presentes para seu bichinho de estimação. Nas bancas a seguir você vai encontrar algumas sugestões. 

Natal animal – De brinquedos a petiscos, a novidade do ano é a bandana para os bichinhos. Na Agropecuária De Paoli tem até panetone canino. Além dela, as opções são Agropecuária Banca 14, Agropecuária Banca 15, Agropecuária Giovanaz (Loja do Galo). E que tal presentear um amigo com um peixinho? O Stanivet Pro Aquários tem várias espécies para escolher.

“Churrasco, bom chimarrão…” – Seja para os parentes daqui, para os que estão mais distantes, ou para você mesmo, o Mercado tem bancas com diversos produtos gauchescos. A Casa da Erva- Mate (Banca 33) indica as opções: mateiras, gamelas, facas, bombas de ouro e prata, espetos – e, claro, muita erva para o chimarrão. São elas: Casa da Erva-Mate (Banca 33), Ponto do Chimarrão, Rancho Gaúcho, Rancho Nativo (Banca 2) e Banca 25.

Cachaçaria do Mercado – Uma das mais especializadas no gênero na cidade, tem uma grande variedade de marcas das melhores cachaças brasileiras, de vários estados, e muitas sugestões de presentes – de copos, embalagens, a kits diversos.

Leituras de Natal – A Banca de Revistas Julio é a única do Mercado, e, além de revistas e jornais, oferece livros novos e usados, com um bom acervo para você escolher suas leituras neste fim de ano e presentear seus amigos.

Café do Mercado – Além de servir aquele café qualificado, tem várias opções para os amantes da bebida neste Natal. Caixas presenteáveis, com destaque para as de madeira, pode-se comprar separadamente e montar com os itens disponíveis – incluindo, claro, o café. Básicas ou mais sofisticadas, algumas são elaboradas com equipamentos de métodos de preparo alternativos – prensa francesa, cafeteira Moca italiana e Hario V60, que é a febre do momento do mundo no café. As feiras do Mercado

Opções de presente é o que não falta nas feiras que, desde o incêndio, ocupam espaços no quadrante III, próximo à escada rolante. Confira as datas das feiras para dezembro:

1 a 5 – Feira da Integração Artesanal (antiga Feira da Economia Solidária)

6 – Feira do Gibi

8 a 13 – Feira do Vinil

15 a 20 – Feira Temática

22 a 27 – Feira de Antiguidades


Foto: Thaís Marini Maciel



Foto: Letícia Garcia 

Saboreando o Mercado, as muitas opções gastronômicas

O Mercado é pródigo em bares e restaurantes, sofi sticados e populares, com pratos a la carte ou o tradicional a la minuta. Além disso, cafés e lanchonetes para aquele encontro de fim de ano. Confi ra alguns destaques:

Banca 40

Tradicionalíssima com os seus sorvetes, onde se destaca a famosa Bomba Royal, a banca tem mais de 80 anos. Ótima opção para descansar entre uma compra e outra apreciando sucos, sorvetes ou sanduíches. Além disso, sorvete e nata com morango para viagem – para aproveitar as delícias nas comemorações em casa.

Beijo Frio

Sorvetes artesanais de vários sabores, tortas, chás e cafés são as atrações desta sorveteria, fruto do trabalho de mulheres ligadas à Associação de Mulheres Solidárias da Zona Norte.

Casa de Pelotas

A proposta inicial era de ser uma espécie de representação de Pelotas e seus tradicionais doces. A Casa de Pelotas teve um rápido crescimento com suas geleias, compotas, tortas, cafés e os doces certifi cados. Com o incêndio, fi cou bastante prejudicada no espaço provisório que se encontra hoje, mas a qualidade continua a mesma.

Naval

Bar centenário, berço da boemia até os anos 70, frequentado por Lupicínio Rodrigues, jornalistas, intelectuais, recentemente passou por uma modernização, mas preserva a sua memória.

Gambrinus

Espaço dos mais tradicionais do Mercado, igualmente centenário, com origens germânicas, o que construiu a sua tradição de chope. Famoso pelo seu bacalhau à Gomes de Sá, bolinhos e variedade de espumantes.

Essencial

Pioneiro na introdução das cervejas artesanais no Mercado, o espaço Nova Vida passou por uma longa reforma e voltou com novo layout este ano, tornando-se Restaurante e Choperia Essencial. Torneiras de chopes dividem espaço com mais de 60 rótulos.

Mamma Julia

Restaurante com petiscos premiados, é muito procurado por sua Tainha na Telha. Boas opções de cervejas.

E muito mais opções:

Bar 26, Bar e Café Pan-Americano, Bar e Restaurante Gaúcho, Bar e Restaurante Havana, Bar e Restaurante Santa Cruz, Bar Embaixador, Café do Mercado, Café Santos, Estação Pastel, Lancheria Luz, Lancheria Metrô, Restaurante Castelo, Restaurante Pires, Taberna 32.

Culinária japonesa, o toque oriental

Foi um verdadeiro boom de comida japonesa no Mercado nos anos 2000. Primeiro foi o Sayuri, depois vieram as temakerias.

Restaurante Sayuri

O pioneiro, durante muito tempo foi o único japonês do centro da cidade. Tem pratos consagrados, como o sukiyaki (cozido típico japonês). A sua diferença para com os outros é que tem pratos quentes.

Sushi Seninha

Ótimos sushis, sashimis, combinados diversos, temakis e outras delícias da culinária japonesa.

Temakeria Japesca

Tem os temakis como os campeões de vendas nesta época de calor mais intenso, em especial o Temaki Filadélfia. Uma boa parada para as compras natalinas.



Fotos: Letícia Garcia

Produtos religiosos, a espiritualidade, marca do Mercado

São quatro floras para os seguidores das religiões de matriz africana que registram um grande movimento durante o ano novo, em especial neste período quando há a passagem e troca de ano. Há muita procura por ervas e sais para banho de descarrego. Arruda, alecrim e quebra tudo estão entre as mais procuradas. Além disso, velas e produtos diversos para as oferendas de fim de ano, com bandejas para oferendas aos orixás, para pedidos e agradecimento. Imagens de Ogum/São Jorge e Iansã, orixás que regerão 2015, terão grande procura. Algumas bancas também dispõem de muitas ervas para chás. As fl oras são: Bandeira, Hana Noka, Kolesar e Rainha do Mar.

 
Foto: Thaís Marini Maciel

 

 

COMENTÁRIOS