Porto Alegre em busca do título de Host City Esportiva

Porto Alegre em busca do título de Host City Esportiva

    

     O Porto Alegre Convention & Visitors Bureau e a Prefeitura Municipal de Porto Alegre assinaram no dia 8 de julho, às 9h30min, no salão nobre da prefeitura, durante reunião da Câmara Temática Marketing, Eventos e Cultura, convênio inédito para mapear a infraestrutura esportiva da Capital e Região Metropolitana. O trabalho vai possibilitar a criação de um modelo executivo e de negócios para atrair eventos do setor para a cidade. A iniciativa é o primeiro passo para buscar o título de Host City e inserir a capital gaúcha no circuito mundial de eventos esportivos. A assinatura aconteceu com a pre­sença do prefeito da capital gaúcha, José Fortunati, o secretário de Turismo, Luiz Fernando Mo­raes, e da presidente do POACVB, Berenice Lewin.

     Em três meses, quando o inventário estiver finalizado, a cidade poderá contar com um levantamento minucioso – quantitativo e qualitativo – sobre o potencial existente para receber grandes eventos na área. Com o trabalho em mãos, desenvolvido em parceria com clubes, federações e entidades do meio esportivo público e privadas – o POACVB, em conjunto com o Sindicato da Hotelaria e Gastro­nomia de Porto Alegre e Secretaria Municipal de Turismo irá planejar um calendário de captação de eventos esportivos alinhado com o perfil técnico da estrutura pesquisada e articulado com os critérios estabelecidos pelos organizadores dos eventos. O estudo também indicará investimentos futuros que possam equipar os espaços dentro de parâmetros internacionais.

     “Vamos trabalhar para construir e consolidar o título de Porto Alegre como Host City Esportiva. Vamos inventariar as estruturas esportivas da grande Porto Alegre e estabelecer um novo ambiente para captação de eventos esportivos de médio e grande porte.” diz Lourdes Fellini, coordenadora da Diretoria Especial da COPA do POACVB.

     O Convention é uma fundação de direito privado, sem fins lucrativos, que objetiva aumentar o fluxo turístico na Capital e municípios vizinhos, por meio da captação, geração e apoio a eventos. Mantida pela iniciativa privada, empresas do ramo hoteleiro, gastronômico, eventos, comércio varejista e turismo em geral.

COMENTÁRIOS