Por unanimidade, Mercado Público é declarado Patrimônio Histórico e Cultural do Estado

Prestes a completar 150 anos, o Mercado Público foi declarado Patrimônio Histórico e Cultural do Estado, após a aprovação da PL 91/2019 na tarde dessa terça-feira (24), na Assembleia Legislativa. O projeto foi aprovado por unanimidade pelos 46 deputados presentes à sessão.

O projeto foi proposto pelo Deputado Estadual Luiz Marenco e, de acordo com o parlamentar, um dos objetivos é blindar o local de uma possível privatização, já articulada pela prefeitura de Porto Alegre, que poderia alterar as características e alma do prédio que emprega mais de 1200 trabalhadores e que, através do FUNMERCADO, tem superávit de receita.

Para a presidente da Associação do Mercado Público Central (Ascomepc), este dia ficará marcado na história do tradicional prédio gaúcho. “Muito mais do que da Capital, o Mercado é do Rio Grande do Sul, é do Brasil. Todos reconhecem a importância dele. E fazer parte do patrimônio histórico e cultural deste Estado é um justo reconhecimento a tudo que ele representa”, disse.

COMENTÁRIOS