Pinhão, saboroso e nutritivo

Os primeiros sinais do inverno já começaram a aparecer. E, aqui no sul do Brasil, principalmente, costumamos aquecer a alma com um pinhão cozido, na chapa, na farofa, como paçoca e em outras muitas preparações que costumamos inventar. O que poucas pessoas sabem é que, além de ser um alimento aconchegante, também é muito nutritivo.

Foto: Janice Benck/CRN-2

NUTRIÇÃO EM FOCO, por Jaqueline Saur De Rose, nutricionista, CRN-2 14.572

O pinhão é uma semente comestível da Araucária angustifolia, que tem a colheita entre abril e junho. Além de ser rico em carboidratos de baixo índice glicêmico, é rico em fibras que auxiliam no bom funcionamento intestinal e em calorias também — 195 kcal por 100 g de pinhão cozido.

Possui vitaminas do complexo B, vitamina C, cálcio, zinco, fósforo, magnésio, gorduras monoinsaturadas e, além disso, possui luteína, um nutriente antioxidante que, entre outras funções, auxilia na saúde dos olhos.

Esses nutrientes estão associados a uma boa imunidade, saúde cardiovascular, controle glicêmico e, ainda, nutrem as células do sistema nervoso central, beneficiando a memória.

Também é considerado um alimento antioxidante, pois possui compostos que agem protegendo as nossas células dos radicais livres.

Para aqueles que quiserem usufruir desses benefícios e não sabem preparar o pinhão, a forma mais simples e comum de preparo é cozinhá-lo em uma panela de pressão por aproximadamente 30 a 40 minutos, com uma pitada de sal.

Aí é só deixar a panela perder a pressão, descascá-los e saborear este alimento regional.

Para uma preparação mais elaborada, a partir do pinhão cozido, pode-se fazer uma deliciosa farofa.

É só separar 200 g de pinhão já picado e, em uma frigideira, refogar uma cebola picada com duas colheres de sopa de azeite de oliva ou manteiga derretida, depois adicionar dois dentes de alho amassados.

Acrescente os pinhões com 200 g de farinha de mandioca, mexa mais um pouco e tempere com sal e pimenta à gosto. Para finalizar, salpique com um mix de temperos verdes por cima.

COMENTÁRIOS