Páscoa em Gramado

A lenda do coelho trazendo chocolates na Páscoa, que foi criada na Europa e chegou à América há mais de 300 anos, permeia o imaginário infantil até os dias de hoje. A tradição de produzir chocolates Gramado já tem, imagine, então, nesta época? Tendo isso em vista, a cidade promove uma grande festa para resgatar o lado lúdico da Páscoa. Além, claro, da origem religiosa que faz a data existir.

 

O evento “Páscoa em Gramado” está em sua segunda edição. A primeira aconteceu ano passado e foi realizada pela prefeitura da cidade. Este ano, a organização passou para a Gramado Tur, uma Autarquia Municipal de Turismo.

A festa acontece entre os dias 11 e 27 de março e conta com a Parada de Páscoa, Procissão de Ramos e Procissão de Passos. Nessa época, a cidade é tomada por uma decoração temática, com árvore de ovos na Rua Coberta e o Egg Parade, onde empresas locais decoram a Avenida Borges de Medeiros com ovos temáticos.

Na Borges de Medeiros é onde acontecem todos os eventos da festa, começando pela Parada de Páscoa, quando personagens lúdicos tomam conta da rua com as seguintes atrações: Jumpers Cenouras, Confeiteira-chefe e seus confeiteiros, Bolachas e Tortinhas, Ovinhos e Coelho, Banda de coelhos, Coelho jardineiro e o Girassol, Coelhos malabaristas: fazendo malabares com ovinhos, Coelhos acrobatas, Trem e o seu maquinista maluco. O espetáculo acontece nos dias 12, 19, 26 e 27, sempre às 17h.

A Procissão de Ramos é realizada no dia 20 e simboliza a entrada de Jesus em Jerusalém, onde o povo o acolhe cantando e lhe fazendo um caminho com ramos e suas capas. A Procissão é acompanhada por uma kombi com sistema de som para microfones, e mostra cenas desde o nascimento de Cristo até essa entrada triunfante em Jerusalém. Além disso, banda com trombone, trompete, sax, lira, bumbo, caixa e coral.

No dia 25 acontece a Procissão de Passos, que mostra cenas da Paixão de Cristo próximas ao público e em carros temáticos. Cada cena retrata um momento da vida de Jesus, até a sua morte na cruz e ressurreição. Ela percorre um trajeto onde o público que assiste ao espetáculo pode seguir o cortejo, e, ao fim do percurso, a procissão é acolhida pela orquestra sinfônica de Gramado, em Frente à Igreja São Pedro.

O evento também realiza recitais especiais na Igreja Matriz nos dias 15, 18, 22 e 24.

 

Foto: Ana Pacheco/Prefeitura de Gramado

COMENTÁRIOS