Parque Farroupilha – Redenção

Foto: Ricardo Stricher/PMPA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Presente do governador Paulo José da Silva Gama em 1807, o parque inicialmente foi chamado de Potreiro da Várzea. Ao longo dos anos, houveram algumas mudanças de nomes.

Em 1867, passou a ser Campos do Bom Fim e, em 1884, virou Parque da Redenção. Em 1935, ocupada pela Exposição Comemorativa do Centenário da Revolução Farroupilha, passou a ser o Parque Farroupilha. Até hoje, o nome se mantêm, porém o parque foi popularizado como Redenção. Inicialmente, sua área verde era de 69 hectares, mas hoje ocupa apenas 37 hectares e se localiza junto ao centro de Porto Alegre.

Sendo um dos cenários mais bonitos da cidade, com a área verde, sua beleza pode ser vista pelos seus jardins. Desde 1941, os jardins Alpino, Europeu e Oriental enfeitam a cidade. Tanto encanto rendeu ao parque o título de Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre em 1997. Para compor ainda mais o charme, são encontrados diversos monumentos. O mais famoso deles é o Gaúcho Oriental, feito em 1935.

Considerado o parque mais procurado de Porto Alegre, a Redenção é o local ideal para quem busca tranquilidade, visitado por várias pessoas nos finais de semana. Todo sábado, pela manhã, ocorre ali a Feira de Alimentos Orgânicos e, aos domingos, o Brique da Redenção oferece variedades de bancas com vendas de livros, discos, artesanatos, antiguidades e muito mais. Além de toda a parte comercial, também há a parte gastronômica. Ao redor do parque, são encontradas inúmeras bancas com quitutes típicos e populares e também restaurantes e cafeterias para todos os gostos. Aos domingos também é mais frequente a movimentação de artistas de rua pelo parque, com apresentações que vão da música ao teatro.

Devido aos furtos e vandalismos sofridos nos últimos tempos, foi tomada pela prefeitura da cidade, através da Secretaria de Segurança, a iniciativa de instalar câmeras monitoradas pela Guarda Municipal, um cercamento eletrônico e instalação de postes de luz. As melhorias foram iniciadas em 2016.

O parque está preparado para receber todo tipo de público. São encontrados por lá aparelhos de ginástica, pedalinho, pista de atletismo, bondinho e até mesmo um parque de diversões. Eventos como a 20ª edição da Parada Livre e apresentações ao ar livre também ocorrem com muita frequência, todas gratuitas.

COMENTÁRIOS