Parabéns ao Jornal do Mercado

Alceu Moreira (Presidente da Assembléia Le­gis­lativa do RS): O mundo globa­liza­do praticamente obriga os colunistas e todas as pessoas que trabalham num jornal, desde o seu editorial, a escrever sobre temas globais. Por quê? Porque isto é uma marca de inteligência. Quando existe um jornal voltado a um público local, se começa a marcar a questão da cultura local e propagar para este mundo globalizado tudo aquilo que há de especial em nossa casa, em nossa aldeia. Mesmo que o fato, a notícia, o registro e a foto interesse apenas para aquela comunidade e para mais ninguém. Mas para ela é muito importante e fundamental garantir a preservação da cultura, das tradições e da história local.
Por isso, o Jornal do Mercado merece os nossos parabéns porque sabe transmitir para seus leitores nosso riquíssimo “caldo” cultural com um tempero próprio e único. Parabéns pelo seu aniversário. Desejamos que continue cada vez melhor e, principalmente, que brinde os seus leitores, aqueles para os quais ele foi elaborado, com uma leitura que lhe encha os olhos e que lhes sacie a sede de saber.

 

Ricardo Verdi: “Sou daqueles que acreditam que todo aniversário deve ser alegremente comemorado. Não importa se o primeiro ou quem sabe o cinquentenário, ou ainda, talvez o centenário. O tempo decorrido não importa, o essencial é que em setembro comemoramos o primeiro aniversário do Jornal do Mercado, esse simpático veículo de comunicação que trás para todos nós não só as últimas notícias e informações sobre o nosso querido Mercado Público, mas também, sempre nos brinda, a cada nova edição, com capítulos da suas histórias. Histórias essas contadas por alguém que trabalha no Mercado, por alguém que freqüenta o Mercado ou por alguém que simplesmente em algum momento, passou pelo Mercado. Parabéns pelo primeiro ano de existência. Desejo vida longa ao Jornal do Mercado.

 

Pedro Hoffmann (presidente da Abrasel RS): “Todo veículo de comunicação que esteja fazendo a divulgação do setor gastronômico ajuda na qualificação dos profissionais da área. O trabalho que o Jornal do Mercado realiza é de extrema importância para o setor, pois valoriza não só a gastronomia do Estado, mas também todos os produtos que o próprio Mercado Público nos oferece.”

 

 

 

 

Sebastião Melo (Presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre): A missão de informar e formar opinião constitui uma das mais nobres atividades humanas. Neste sentido, o trabalho desenvolvido pelo nosso Jornal do Mercado, neste primeiro ano de atividade, fortalece a certeza de que terá uma trajetória longa e profícua em favor da comunidade. Comprometido pelas coisas da cidade e especial do Mercado Público – um dos ícones populares da nossa Capital – o jornal retrata, com rara fidelidade, a realidade com destaque para a po­ten­cialidade, os personagens e o que de mais importante acontece neste espaço fundamental para o desenvolvimento de Porto Alegre. Parabéns pelo primeiro ano de sucesso! O êxito está garantido, graças à competência, a dedicação e a capacidade da direção, funcionários, colaboradores e dos anunciantes do nosso Jornal do Mercado!

 

 

 

Sérgio Lourenço Rosa: O Jornal mostra perdulariedades, detalhes do nosso Mercado, que muitas vezes passa despercebido. O Jornal passou a ser muito importante no nosso dia-a-dia. Sempre terá o nosso apoio. Acredito que quando fizemos as coisas com dedicação e amor, a tendência é só crescer. E isso tem se mostrado com o trabalho realizado. Quero parabenizar o Fabrício pelo seu belo trabalho. Nota Dez!!!

 

 

 

 

 

 

Wilson Müller (Presidente da Câmara de Turismo do RS) Cumprimentamos o Jornal do Mercado por sua importância e colaboração com a sociedade, destacando a atenção para os milhares de consumidores.
O primeiro aniversário marca o início de uma longa caminhada de sucesso, informação e desenvolvimento.
Cordialmente.

 

 

 

 

 

 

Yeda Crusius (Go­vernadora do RS): O Mercado Público é um dos mais autênticos pontos de encontro e de convívio dos porto-ale­gren­ses. Ao longo de quase 140 anos converteu-se no coração pulsante de Porto Alegre, que aqui se reencontra com suas raízes e suas tradições. Não há patrimônio social, cultural e econômico mais importante na capital que o grande centro de compras e, mais do que isso, de reunião, confraternização, especiarias e gas­tronomia erguido na alma da cidade. Decorre daí a importância de uma publicação como o “Jornal do Mercado”, que enaltece o papel fundamental da instituição na vida dos porto-alegrenses de todas as procedências e idades e analisa suas perspectivas de crescimento e de superação, à luz de toda uma história de identificação com a metrópole dos gaúchos.

 

 

Juremir Machado da Silva: A iniciativa de vo­cês é extraordinária, pois dá conta do coração da cidade, da alma de um lugar, transformando em palavras e sentimentos aquilo que existe como atmosfera, ambiente, ar do tempo. Só posso parabenizá-los pela determinação e pela ousadia.

 

 

 

 

Luiz Fernando Moraes (secretário municipal de Turismo): Pa­­­­ra­béns ao JM. Recebemos a notícia do primeiro aniversário do Jornal do Mercado com alegria, e parabenizamos a sua equipe pelo êxito até agora alcançado. Para um veículo de comunicação, um ano de circulação são 365 dias de constante esforço e dedicação para garantir que cada edição chegue ao leitor com conteúdo interessante e visual atrativo. Com perfil comunitário, o Jornal do Mercado nasceu sob a inspiração de um espaço fortemente vinculado à história e à cultura de Porto Alegre e tem o mérito de contribuir para sua valorização como patrimônio vivo, dinâmico e diversificado. Explorar os detalhes desse ambiente, revelar seus personagens, suas histórias e curiosidades próprias de um mercado popular é valioso para o turismo de nossa cidade. Vida longa ao Jornal do Mercado.

 

 

 

Gilberto Es­te­ves: Parece que foi ontem! O tem­­po passou! O Jornal do Mercado está já há 1 ano. Mais uma ferramenta do mercadeiro, que veio para somar. Mostrando para as pessoas de fora, o que tem aqui no Mercado, a vida aqui dentro, o carinho e o amor, que a grande maioria das pessoas que trabalham aqui possuem por seu trabalho e pelo Mercado. O jornal agrega isso. Mostra como funciona o Mercado de dentro pra fora. Indo além de um prédio como ponto turístico. O Jornal, o Mercado e o portoalegrense estão de parabéns, por termos um veículo que não é comprometido e que mostra as coisas do Mercado Público. Quando o leio percebo a grande identificação que o Jornal estabeleceu com a gente. Espero que seja o primeiro ano de muitos e que o Jornal se fortaleça. Espero que cresça cada vez mais. O Jornal do Mercado é pequeno, mas pra mim é um grande Jornal.Quem sabe aí… 100 anos do Jornal do Mercado, futuramente. Parabéns!!!

 

 

 

 

Daniel Anto­niolli (presidente do SIN­DPOA): Os prin­cipais cen­tros turísticos do mun­do possuem um centro histórico cuja preservação é uma obsessão. Em Porto Alegre estamos encaminhando para essa importante cons­cientização, através de ações que envolvem tanto a iniciativa pública como a privada. Todos os porto-alegrenses deveriam estar atentos a esse assunto que diz respeito à história de nossa cidade. Neste sentido, o Mercado Público de Porto Alegre é um ícone. Trata-se, na verdade, do coração pulsante da cidade. Por ali circulam diariamente milhares de pessoas que formam o extrato da sociedade. Nada mais interessante e oportuno, portanto, a leitura de um jornal que trata dos assuntos deste “ente” querido da cidade que é o seu Mercado. Parabéns aos empreendedores do JM, que completa um ano de circulação, extensivo aos leitores e anunciantes. Faço votos que continuem a prestar esse excelente serviço de informação aos porto-alegrenses, ainda por muitos e muitos anos, transformando-se em mais uma tradição do centro de nossa cidade.

COMENTÁRIOS