Para curtir as férias de verão

Que o Mercado Público é um centro gastronômico, não há dúvidas. Tem opções de compras para todos os gostos. E essa variedade se estende aos muitos pontos para aproveitar os quitutes locais no próprio prédio. São restaurantes, bares, lancherias, sorveterias, oferecendo desde pratos típicos até receitas mais elaboradas — os destaques são apresentados neste completo roteiro. A maior parte dos bares, restaurantes e lancherias fica aberta até às 22h, inclusive as que estão temporariamente no Espaço de Eventos. Nas férias de verão, nada melhor do que aproveitar todas as delícias que o Mercado tem a oferecer.

 

Banca 40 — Nessa época, a queridinha é a Bomba Royal, feita com nata, sorvete napolitano e salada de frutas. Também sucos, caldinho de frutas, açaí, tudo o mais gelado possível. Além disso, bolas de sorvete de creme, morango e chocolate.

 

Bar 26 — O sucesso do verão é o pastel de charque com queijo: charque do traseiro do gado com queijo generoso e bem servido. O acompanhamento fica por conta do chope, com promoção de chope em dobro das 15h às 20h, e sucos naturais.

 

Bar Embaixador — Seu prato tradicional é o feijão com arroz e bife de frango ou carne, massa com molho e salada, que continua muito apreciado em qualquer época. Forte também em batidas de banana e mamão.

Bar e Café Pan-Americano — O que tem mais saída, sem dúvida, é a cerveja e o picadão, que leva calabresa, coração e fritas. De lanches mais leves, sanduíche natural com suco de laranja ou cafezinho passado. Com o calor, a água mineral também vira carro-chefe da casa.

 

Bar e Restaurante Gaúcho — Além dos pratos do dia no almoço, sucos e vitaminas saem bastante no verão. O tradicional mocotó, prato de inverno, continua sendo vendido.

Bar e Restaurante Havana — Também fala sério quando afirma que, inverno ou verão, serve mocotó o ano inteiro. Feito com miúdos, pata, tripa grosso, mondongo, feijão branco, ovos cozidos, tempero verde, entre outros ingredientes, é servido em porções individuais. Sai no verão também bolinho de bacalhau com chope, um clássico.

Foto: Thaís Marini Maciel

 

Bar e Restaurante Santa Cruz — O a la minuta da casa, com bife, batata frita, ovo, arroz, feijão, salada, é a pedida para o almoço. Para beber, suco natural de laranja, refrigerante e outras bebidas em geral. De lanches, pastéis feito no local.

Beijo Frio — Sorvetes artesanais para todos os gostos. Os mais procurados hoje em dia são os sabores de cupuaçu e iogurte grego com amarena.

 

Café do Mercado — Para inovar, a pedida é um cappuccino gelado, feito com leite batido com café gelado. Tem muita saída também a soda italiana, mistura de água com gás, gelo e essência doce, sabor a escolher. Para acompanhar, salgados variados.

 

Café Santos — No mesmo local desde antes da reforma dos anos 1990, o forte são cervejas e cachaças com ervas.

Estação PastelA la minuta dupla, eis o principal pedido da casa no verão, com bife de gado, frango ou peixe, que serve até duas pessoas, acompanhado de suco natural de laranja, manga, morango, limão ou abacaxi. Pastéis com massa caseira, feitos na hora, também são destaque, em mais de 30 tipos.

Foto: Letícia Garcia

 

Lancheria Luz — Mais de 15 sabores de sucos, dos tradicionais aos exóticos, feitos na hora, com bom custo-benefício. Sucos verdes, de laranja com couve, de hortelã, maçã, laranja, abacaxi, entre outros. Também pastéis feitos na hora e grande variedade de xis.

Lancheria Metrô — O forte da casa são os lanches salgados, as cervejas e os sucos. Também o a la minuta que é servido no almoço.

Mamma Julia — Picanha com feijão mexido e farofa continua em alta nessas férias, prato que representa a culinária do RS. A picanha pode vir a alho e óleo, acebolada, como a la minuta acompanhada de ovo, com queijo ou na manteiga.

 

 

Naval Restaurante Bar Chope — O tradicional espaço tem cardápio variado de peixes e frutos do mar, como risotos de bacalhau, frutos do mar e siri, filés de diversos peixes e o bacalhau da casa.

Padaria Copacabana — No verão, sai de tudo na Copabacana, de cafés a sucos, de pãezinhos a bolos. Destaque para a clássica cueca virada e para os sonhos, de creme ou doce de leite.

 

Padaria Pão de Açúcar — Doce bem fresco e de muita saída, a estrela é o folhado de frutas. Com base de massa folhada, tem uma camada de creme de baunilha e de frutas, em compotas ou naturais, como morangos, figos, pêssego, abacaxi. Pode ser acompanhado por café, água ou suco.

 

Restaurante Castelo — Conhecido pela culinária caseira, no verão sai um pouco de tudo do cardápio: peixes, sucos, risotos e lanches.

Restaurante e Choperia Essencial — Nessa época de verão, o prato mais servido é o filé de peixe à belle meuniere, que leva camarão, alcaparras, champignon, cebola, filé de peixe e acompanha legumes salteados na manteiga. Também a moqueca original, com leite de coco, azeite de dendê e pimentões. Para combater o calor, seis torneiras de chope artesanal, todos de cervejarias gaúchas, servidas em 280 mL, 560 mL e 1 L.

 

Restaurante Gambrinus — O restaurante centenário tem como destaque no verão a salada de bacalhau, prato fresco, feito diariamente. Salada fria com batata, bacalhau desfiado, temperinho verde, pimenta preta e azeite de oliva. Combina bem com as opções de vinho branco da casa e com o tradicional chope.

Restaurante Pires — Peixe, arroz, salada e feijão, vendido durante todo o ano, continua sendo o prato que tem mais saída no verão, acompanhado por refrigerante ou cerveja. Só peixe com cerveja também é bastante procurado.

 

Restaurante Sayuri — No verão, por apetecer mais o peixe cru, a pedida é o sushi da casa, combinados para uma ou duas pessoas. De prato quente, o yakisoba sai sempre. Também o saquê, tradicional bebida japonesa, é consumido no verão ou no inverno.

Sushi Seninha — A sugestão são pratos mais leves, não fritos, como ceviche, temaki, sashimi e os combinados de sushi. A casa também oferece sucos naturais, com destaque para as misturas de laranja com morango, abacaxi com limão siciliano e laranja com rúcula.

 

Taberna 32 — O espaço é muito procurado pela tainha grelhada ao molho de camarão, que acompanha arroz, pirão e batata. De bebidas, cerveja, refri e suco natural de abacaxi e limão.

Temakeria Japesca — Comidas mais leves e frescas são a indicação, como sushi, e em especial as receitas que levam salmão: sashimi e temaki de salmão. Os combos também têm boa saída, e a promoção de terça, dois temakis por um.

COMENTÁRIOS