Pancho

 

     Paixão Antiga 
   

     Pancho

     Pancho é o mais novo locutor da Ipanema. Aqui sua história com a rádio.

     1984 foi o ano que começou a minha história com a Ipanema FM. Eu era um guri e estava começando a ouvir Black Sabbath, Led Zeppelin e Deep Purple. Numa noite em casa, fuçando no rádio Transglobe do meu pai, sem querer sintonizei uma rádio que estava tocando um Ozzy.

 Não acreditei! O locutor era um doidão que sabia muito de rock, chamado Ricardo Barão e o nome do programa era Central Rock. Foi amor a primeira audição! Nem preciso dizer que daí para frente a Ipanema começou a sonorizar a minha infância roqueira. 

     1987 eu tinha uma banda instrumental com dois amigos do colégio, Fredi e Nando Endres. Nesse mesmo ano levamos uma fitinha Demo para uma tal de Kátia Sumam. Ela não só aprovou, como começou a tocar imediatamente a banda na programação da rádio. Um sonho!
Logo em seguida viria o segundo sonho, que seria o meu primeiro show, marcado pela própria Kátia Sumam em um boteco de Porto Alegre, no projeto Elétrika Live. Daí para frente minha vida tomou um rumo totalmente ligado a música. 
     Nos anos 90 formei junto com meus parceiros de som a Comunidade Nin-Jitsu. Levamos uma fita para o Alexandre Brasil, nosso amigo que tinha um horário na tarde da Ipanema. Ele tocou na hora e daí para frente nunca mais parou. Confesso que nunca imaginei que a Comunidade fosse tomar proporções tão grandes, pois era uma palhaçada feita por uns “piá doidão”. Acabamos em Jô Soares, Muvuca, Programa Livre, Quem Sabe Sábado e muitos outros… 10 anos se passaram e minhas idéias musicais e ideológicas eram bem diferentes dos anos 90, assim decidi sair fora da CNJ. Depois disso gravei um disco com a Pedrada Afú e encerrei minha carreira como integrante de banda.
     Já em 2008, fiz um churrasco e convidei o meu parceiro Eduardo Santos. Logo no começo do churras ele me perguntou se eu aceitaria fazer as férias do Sassá durante o mês de Fevereiro. Eu fiquei apavorado, mas aceitei na hora!
Quando eu achava que o melhor já tinha passado e eu não tinha mais sonhos para realizar, a Ipanema volta para a minha vida!
     Em Maio de 2008 ganhei dois programas na Ipanema FM, o Atari Hits e o Voltagem 94.9. Minha velha paixão aumenta a cada dia! Já colaborei com mais de 200 músicas para rádio, desde Fevereiro,  e assim vou continuar compartilhando com vocês Ipanemicos  informação e boa música, afinal a Ipanema FM é uma das poucas rádios do Brasil que não é movida a Jabá!

 

COMENTÁRIOS