Os sorvetes artesanais da Beijo Frio

NOVIDADES

Os sorvetes artesanais da Beijo Frio

     Nos altos do Mercado, uma bela surpresa: a Beijo Frio, que produz seu próprio sorvete, além de oferecer ótimos lanches, pizzas, chás, cafés e até sopas.

Iara Fátima Ruffino, coordenadora geral da Associação de Mulheres Solidárias da Zona Norte diz que é um orgulho muito grande estar no Mercado. “Nós somos o primeiro grupo de mulheres negras a estar dentro do Mercado Público. Foi uma luta muito grande”, afirma. “Espero que a gente continue, e qualificando ainda mais nosso sorvete. Só por estar aqui, para nós já é um sucesso”.

   “Foi o sorvete que nos trouxe para dentro do Mercado”, diz Iara. A Sorveteria Beijo Frio surgiu em 2009 de uma parceria entre a Prefeitura de Porto Alegre, através da SMIC, e a Associação. Iara conta que a Associação trabalha com sorvete desde o 1º Fórum Social Mundial, em 2001: “A gente já trabalhava com tortas e pizza, e aprendemos a fazer o sorvete. Entrar aqui foi uma caminhada muito grande, e estamos aí, com nosso sorvete sendo bem aceito no Mercado, porque é um sorvete diferenciado: não contém gorduras trans e é feito mais com a polpa da fruta. O retorno dos clientes é muito bom, para nós está sendo muito gratificante”, diz.

 

Sorvete diet e cursos

     Foi o contato com os clientes que fez com que surgisse este ano o sorvete diet, nos sabores morango, creme e chocolate. De todos os sorvetes, o mais procurado é o de café. “A gente não dava nada por ele, e hoje é o que está nos dando um show”, conta Iara. Além desse, graviola, menta com chocolate, banana flambada, “Sonho de Verão” e açaí estão em alta. O sorvete artesanal da Beijo Frio é produzido na sede de produção da Zona Norte. A Associação dá cursos de sorvete e tortas para a comunidade uma vez por ano. “Claro que a gente não vai dar nossa receita”, ri Iara, “mas ensinamos o básico”, finaliza.

COMENTÁRIOS