Luiz Eduardo Pereira: “Os mercados municipais são fundamentais para o turismo”

“Os mercados municipais são fundamentais para o turismo”

     

 

 

 

 

Paulista, nascido em 1962, o ministro é sociólogo, formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com mestrado em ciência política pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de São Paulo. Esteve em Porto Alegre tratando de assuntos ligados ao turismo e à Copa de 14. Como um bom freqüentador de mercados, esteve no nosso. E nos deu este conciso e lúcido depoimento.

 

 

Luiz Eduardo Pereira * 

 

 

     Em qualquer cidade do mundo que você vá, é sempre muito importante ter um mercado revigorado, expressando a gastronomia daquele local, a culinária. É um espaço de encontro de recuperação do patri¬mônio. Aqui eu sinto, que ficou muito bom este trabalho. Eu já vim várias vezes e toda a vez que eu venho a Porto Alegre, eu passo por aqui. Eu tenho certeza que a gente encontra amigos, saboreia a culinária gaúcha, é sempre um espaço muito gostoso e simpático. E, eu tenho certeza que essa reforma, é a recuperação de um patrimônio. E também a recuperação da memória, que é uma questão, um aspecto importante desse Mercado aqui. Foi a recuperação importante de uma quadra e um monumento histórico de Porto Alegre. Em relação aos mercados do Brasil? Eu conheço bem e trabalhei na construção da reforma do mercado público de São Paulo. Tive a felicidade de coordenar a reforma do “mercadão”. Tem lá, o sanduíche de mortadela, que é muito tradicional, enfim, são espaços que a gente pode poten-cializar o turismo, acho que os mercados municipais podem e, devem ter um papel importante no turismo. E esse papel de comple¬men¬taridade, com cultura, patrimônio histórico, gastro¬nomia e turismo, é fundamental e uma referência importante.  Aqui no Mercado a cada dia eu fui a um lugar diferente. A última vez eu comi num restaurante aqui em cima. (no segundo piso). Hoje nesse, o Gambrinus, que é um dos mais tradicionais de Porto Alegre. Eu não vou dar palpite aqui, não vou ferir as sensibilidades… Mas, eu acho que aqui se come muito bem, e eu acho que é um espaço muito importante de convivência. E para Copa de 2014 com certeza, aqui vai ser um uma referência importante. Acho que as áreas centrais das cidades devem passar por um processo de recuperação, o patrimônio deve ser recuperado. E a moradia também. Eu acho que o centro se completa recuperando o espaço de moradia. Como já há uma estrutura nos centros das cidades, acho que precisamos ter também moradores nas áreas centrais. 

* Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho é Ministro do Turismo. 

Foto: Cristine Rochol

COMENTÁRIOS