Orçamentos para a fase final

Após a liberação do alvará provisório de PPCI, permissionários seguem trabalhando para alcançar a reabertura do 2ª andar.

 

Com a liberação do alvará provisório do Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios (PPCI) do Mercado Público no mês passado, foi possível iniciar os projetos da adequação elétrica do 2º piso. É a etapa a ser vencida agora, e está prestes a ser assumida pela Associação de Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc), que representa os permissionários, para agilizar a sua execução.

O novo investimento, já autorizado em assembleia, está em fase de orçamento e deve passar pelo Conselho Fiscal da Ascomepc antes de seguir adiante. Se aprovado, deverá contar com investimento dos próprios mercadeiros, assim como aconteceu com o PPCI.

A adaptação na rede elétrica é necessária porque, após o incêndio de 2013, a prefeitura precisou redirecionar a força para o Espaço de Eventos, onde foram realocadas as bancas atingidas pelo sinistro — Bar 26, Beijo Frio, Mamma Julia, Sayuri, Taberna 32 — para que continuassem atendendo os seus clientes.

Também algumas bancas do 1º piso dos quadrantes atingidos, que tiveram a rede queimada pelo incêndio, passaram a ser abastecidas assim. Apenas depois de feita a nova adaptação da rede elétrica é que os permissionários do 2º piso poderão ajustar a parte interna das suas lojas.

Também em fase de orçamentos está a segunda etapa do PPCI, que deve ser executada até dia 27 de dezembro, quando vence o alvará provisório, para a aquisição, enfim, do alvará definitivo de incêndio. Esta etapa compreende a instalação de alarme de incêndio, detectores de fumaça, iluminação de emergência e rampas de acessibilidade nos quatro acessos de esquina do prédio.

“Essas rampas entraram no projeto de PPCI para facilitar o acesso às rotas de fuga para aqueles que têm problemas de acessibilidade”, explica Adriana Kauer, presidenta da Ascomepc. “Estamos em fase de orçamento de todo este material, alguns já recebemos. Temos que lembrar que, como é um prédio histórico, tudo precisa ser adaptado para não ferir a estrutura do Mercado. É tudo minucioso.”

COMENTÁRIOS