O Mercado terá crachá

O Mercado terá crachá

 

A partir de 16 de novembro está previsto o uso obrigatório de crachás para os funcionários e permissionários do Mercado Público. A ação tem com um dos objetivos aumentar significativamente a segurança interna e resolver problemas quanto ao vandalismo no Mercado. Segundo Adriana Kauer, participante do grupo formado pelo Sebrae para trabalhar a questão, o crachá será o cartão de acesso de alguns pontos que serão restritos para o grande público, como os vestiários, a sala de descanso e o posto do banco Banrisul. Além de determinar a permanência ou não do funcionário e permissionários nos horários estabelecidos como de funcionamento do Mercado Público. Ela lembra ainda que desta forma o uso da sala de descanso pode se tornar uma realidade permanente.

COMENTÁRIOS