O JM para os mercadeiros

O Jornal do Mercado na voz dos mercadeiros.

Foto: Gabriela da Silva

Daniel José de Souza – Banca do Holandês
“O Jornal do Mercado é muito interessante, é como uma ligação entre o funcionário e o cliente. Tem muita peculiaridade, familiaridade, coisas dos funcionários, que são passadas para os clientes. O Jornal do Mercado é fundamental para que o cliente conheça melhor o Mercado e quem trabalha nele.”

 

 

Foto: Gabriela da Silva

Carlos Jenecy de Oliveira – Barbearia do Mercado
“Nesses 10 anos, o Jornal do Mercado só trouxe proveito para o Mercado. Eu mesmo já saí umas três vezes em reportagem. É legal porque fala nas bancas. Isto é muito bom para os comerciantes.”

Foto: Letícia Garcia

Elizabeth Mercadela – Armazém 28
“O Jornal do Mercado traz mais conhecimento do Mercado, não só dos produtos, mas das famílias que estão aqui. A minha família, por exemplo, tem 75 anos de Mercado, já estamos na terceira geração. É importante inclusive para os jovens, que são carentes de novidades e histórias de Porto Alegre. O Jornal do Mercado divulga a história do Mercado, desenvolve um lado cultural. E os clientes saem com uma boa leitura debaixo do braço.”

Foto: Gabriela da Silva

Leandro Magalhães de Souza – Padaria Copacabana
“Desde que o jornal surgiu, ele sempre foi muito importante para a divulgação das nossas bancas dentro do próprio Mercado. E também para informar o público sobre o que está acontecendo. O jornal faz essa ligação entre as bancas e o público e vice-versa. Ele também informa como está o Mercado, as obras – na questão do incêndio, foi muito importante para a divulgação e pressão sobre o poder público. Acho que é uma parceria que deu muito certo e faz muito bem para o Mercado.”

Foto: Gabriela da Silva

João Alberto Melo – Restaurante Gambrinus
“Trabalho no Mercado há 28 anos e conheço o Jornal do Mercado há 10 anos. O Mercado já teve uma rádio, mas fazer o jornal foi uma novidade. Existiam outros pequenos jornais, mas aqui do Centro. E a ideia vingou e está aí, fazendo 10 anos, o que é sensacional. O jornal deu voz para muitas coisas do Mercado, ele é praticamente a mídia oficial do Mercado.”

Foto: Fabiane Pereira

Gilmar Antonio Giovanaz – Casa da Erva-Mate
“É muito importante, serve para divulgar as bancas, o Mercado e para a gente conhecer a vida dos colegas, que às vezes estão há tanto tempo, ou até mais, trabalhando aqui.”

Foto: Gabriela da Silva

Rodrigo Tomasel – Restaurante e Choperia Essencial
“Eu fico muito feliz com a contribuição do Jornal do Mercado e a sua existência de 10 anos. Parabéns à equipe! O jornal sempre ajuda na comunicação das bancas e de seus produtos. E também está presente nos momentos trágicos, como o último incêndio, quando ele fez uma cobertura grande. Ele já é uma referência para os clientes, que ficam aguardando a próxima edição. Eu, como permissionário, me sinto na obrigação de ser um dos anunciantes para contribuir para sua manutenção.”

Foto: Gabriela da Silva

Gabriel Antônio Mendo da Cunha – Peixaria Japesca
“Desejo vida longa para esse menino! Jornal do Mercado, ao longo desses 10 anos, nos enche de orgulho com um trabalho de gente grande e com a inquietação da juventude. Este veículo de informação dos mercadeiros e de todos que prestigiam o nosso querido Mercado Público, com a credibilidade de um senhor e a pureza de uma criança. Ah, o tempo vai te fazer cada dia melhor, e cada ano mais respeitado e adorado por nós! Obrigado, guri. Feliz aniversário!”

Foto: Letícia Garcia

Clóvis Althaus Junior – Café do Mercado
“O Jornal do Mercado nasceu para aproximar o Mercado Público e os mercadeiros do porto-alegrense e dos gaúchos. Durante estes 10 anos, foram inúmeras as contribuições para o nosso Mercado. Passamos a conhecer melhor nossos colegas, expor um pouco das dificuldades que temos e principalmente comunicar as coisas boas do nosso Mercado. Vida longa ao Jornal do Mercado!”

Foto: Fabiane Pereira

Oreste Gabardo – Cachaçaria do Mercado
“É um jornal de muita contribuição, porque divulga o Mercado, as lojas. E é muito procurado, assim que chega todo mundo pega e lê, o que é muito bom para o Mercado. Tem que continuar, sim, e incrementar ainda mais, distribuir nos arredores, não só no Mercado.”

 

 

Foto: Fabiane Pereira

Ires da Costa de Almeida – Banca 11
“Acho que o jornal tem muita repercussão e faz a diferença no dia a dia das pessoas. De cada 10 pessoas que chegam aqui, duas já perguntam e falam que leram no Jornal do Mercado. O atendimento é muito importante, mas a divulgação também.”

 

 

Foto: Fabiane Pereira

Rafael Sartori – Casa de Carnes Santo Ângelo
“Acho legal que muita gente que está aqui há 20, 30 anos, e teve muitas experiências, relata tudo no jornal. É sempre bom saber a vida do ‘vizinho’, porque a gente se vê nos corredores, mas não sabe a história do que ele já passou aqui dentro.”

 

COMENTÁRIOS