Mutirão orienta empreendedores informais

Orientar o empreendedor informal quanto aos procedimentos necessários para formalizar seu negócio é o objetivo do Mutirão da Cidadania Empresarial, que o Banco do Brasil promove em conjunto com a Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis (Fenacon), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Sebrae e Receita Federal do Brasil. O evento, previsto para ser realizado em três etapas, terá a primeira entre os dias 20 a 23 de novembro em mais de 260 municípios, contemplando todos os estados brasileiros. As demais estão previstas para o próximo ano.
Durante o Mutirão, o empresário terá à sua disposição funcionários das instituições participantes reunidos em um único local. Além de receber informações sobre formalização de empresas, ali serão prestadas orientações técnica, empresarial e creditícia aos empreendedores informais que já possuem negócio e pretendem expandir o empreendimento, conquistar mercados e ter acesso a linhas de crédito com taxa de juros e prazos adequados às pequenas empresas.

As instituições que realizam o Mutirão da Cidadania Empresarial apostam que ações de apoio à formalização de empreendedores, que atualmente se encontram na informalidade, poderão promover o desenvolvimento sustentável das empresas regional e localmente, por meio do financiamento às atividades produtivas e, conseqüentemente, gerar trabalho e renda nas comunidades. 25 municípios gaúchos estarão participando do Mutirão. A primeira etapa do Mutirão da Cidadania Empresarial vai acontecer nos dias 20 e 21 de novembro.
Em Porto Alegre a ação será desenvolvida no Largo Glenio Peres, com atividades no qua­drante 3, dia 20 de novembro das 10 às 16 hs.

COMENTÁRIOS