Museu de História de Medicina do RS

Foto: MUHM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Museu de História de Medicina do RS (MUHM) foi um projeto criado pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) devido à preocupação em preservar a história da medicina no estado. Ao longo dos anos, foi se modernizando e criando inúmeros projetos de meio social e cultural.

Construído em 1870, está localizado desde 2007 no Prédio Histórico do Hospital Beneficência Portuguesa, onde contém acervo com instrumentos médicos, bibliografias e documentações históricas com aproximadamente 4 mil peças, todas doadas.

O museu não se consagra somente por seu rico acervo, mas também pelos projetos solidários aprovados pelo Ministério da Cultura. Em 2010, em parceria com o Simers, lançou a “Campanha de mobilização cultural”, na qual ajudava as vítimas dos desastres ambientais sofridos no Rio Grande do Sul e no Haiti. Além disso, em 2011 foi criado o “Natal na Praça Dom Sebastião”, evento destinado às crianças do Hospital da Criança Santo Antônio para unir a comunidade com shows oferecidos por orquestras e várias outras apresentações. Outra iniciativa é a “Quintas no museu”, criada em 2009, atividade cultural na qual são feitos saraus líricos. Também há visitas de escolas públicas, com disponibilização de um ônibus e atividades destinadas à medicina, como exposições de anatomia, onde são exibidos corpos doados.

O local ainda conta com diversas exposições, dentre elas a mostra “Mulheres e práticas de saúde” que retrata a trajetória e a importância de práticas populares de algumas mulheres gaúchas que se dedicaram à saúde da população. Ainda restam outros entretenimentos, como a exposição “Retratos da medicina”, com painéis que revelam o perfil de alguns personagens que se dedicaram à medicina e contribuíram na política, nas artes e na produção intelectual da sociedade gaúcha.

Adequando-se aos tempos modernos, o museu tem em seu domínio toda uma coleção audiovisual. Até hoje, já foram realizadas 14 exposições via rede virtual, promovidas em mais de 30 cidades do interior do estado. Embora a tecnologia seja usada, a apresentação mais famosa ainda é “A medicina através dos selos”, que reflete a importância das personalidades históricas da medicina.

O MUHM está localizado na Av. Independência, nº 270, região central de Porto Alegre. Está sob o comando do novo diretor Germano Bonow. As visitas são abertas ao público de terça-feira a domingo e são gratuitas.

COMENTÁRIOS