HomeEspecial

Mercado Público: um patrimônio arquitetônico e cultural da cidade

Mercado Público: um patrimônio arquitetônico e cultural da cidade

 

Um dos principais cartões postais de Porto Alegre, o Mercado Público comemora 140 anos de existência. Com suas paredes e bares centenários, o velho Mercado é um passeio na memória da história da cidade, com sua rica diversidade de cores, aromas e produtos, com aquele típico atendimento que só os mercados possuem. Para comemorar esta data, preparamos este caderno especial. Um registro para todos que, como nós, amam o Mercado Público Central de Porto Alegre.

 

 

 Inaugurado em 03 outubro de 1869, passando a funcionar, contudo, só no início de fevereiro de 1870. Foi construído em área de aterro, na antiga praia do Paraíso.

 

 

 

1882: a construção do primeiro Chalé, na então Praça Conde D’Eu, que em 1889 passa a se chamar Praça XV de Novembro.

 

Em 1901, na antiga Doca do Carvão, é construído o prédio do Paço Municipal.

 

 

 

O prédio da prefeitura tira, então, a imponência do Mercado. Em 1912, surge o 2º pavimento.

 

 

 

 

 

 

 1908: primeiros bondes elétricos em Porto Alegre.

 

 

 

 

 

 

 

1912: é também o ano do primeiro grande incêndio no Mercado.

 

 

É inaugurado o Cais do Porto, em 1922.

 

1930: é construído o Abrigo da Praça XV.

 

 

 

 

 

 

 

 

A famosa Enchente de 41 atinge em cheio o Mercado Público. Em suas paredes está registrada altura em que água chegou.

 

 

 

 

1967: Criada a Associação do Comércio do Mercado Público Central (ASCOMEPC).

 

1972: o segundo grande incêndio.

 

 

 A ameaça de demolição chega ao auge em 1979, ano também do terceiro incêndio. Contudo, o Mercado resiste.

 

1977: inaugurado auditório para 100 pessoas nos altos do Mercado.

 

1979: finalmente o Mercado foi tombado como Patrimônio Histórico e Cultural do Município.

 

Em 1983 o controle do Mercado passa a ser exercido pela então EPATUR.

 

1986: o Mercado começa a fechar aos domingos e a SMIC também fecha alguns bares, sob alegação de venda abusiva de bebidas alcoólicas.

 

1987: criação do FUNMERCADO.

 

1992: inauguração do Largo Glenio Peres.

 

No início da década de 90, começam os estudos e trabalhos do Projeto de Restauração do Mercado.

 

 

 

 

 

 

As obras, que revitalizam e modernizam o prédio são concluídas em 1997

COMMENTS