Mercado Público, tudo para um feliz Natal

Natal e Semana Santa são os momentos do mais intenso movimento no Mercado Público. Para as festas de fim de ano, são milhares de pessoas nos seus corredores e bancas, diariamente, atrás de compras com todas as delícias e os produtos mais procurados — muitos só encontráveis aqui —, além de presentes, porque o Mercado também é uma boa opção neste momento, com muitas sugestões. Acompanhe aqui o depoimento de alguns dos seus fiéis frequentadores, alguns clientes do Mercado há muitos e muitos anos.

 

Casemiro Garcia e Sonia Garcia (casados)

Espírito cristão e peixes

“Moramos em Porto Alegre, na Zona Sul, e frequentamos o Mercado Público há mais de 40 anos. Temos que fazer a nossa visita semanal aqui porque tem muitas coisas que gostamos e nos sentimos bem aqui. O que lamentamos é que a parte de cima ainda não está pronta; torcermos para que isso aconteça logo”, diz Sonia. “Achamos que o comércio não pode tirar o sentido profundo do Natal, que é ‘Cristo entre os homens’”, declara Casemiro. “Passamos para comprar alguma coisa para a ceia, como peixe e frutas cristalizadas.”

 

Cleonice Duarte e Aldo Milanezi (casados)

Castanhas e frutas secas garantidas no Mercado

“O Mercado melhorou bastante com o tempo, mas ainda precisa rever algumas coisas, sem perder suas características”, diz Cleonice. “É um ambiente nostálgico e precisa ser sempre valorizado. Frequentamos há mais de 50 anos”, acrescenta Aldo. “Durante o ano, viemos de Gravataí, onde moramos, sempre que temos um tempo, para aproveitar os preços daqui. Nos finais de ano, mais ainda”, conta Cleonice. “Sempre compramos castanhas do Pará e frutas secas para os pratos de Natal e Ano Novo. A variedade de opções e o preço é o que mais nos chama a atenção.”

 

Duda Dolejal

Lembrando os funcionários do Mercado

“Sou de Arroio dos Ratos, mas moro em Porto Alegre desde os 14 anos. Venho aqui há mais de 30. Gosto de comprar na Banca 26 tudo o que eu preciso, menos carne. Do Mercado, eu gosto muito da área de alimentação, mas acho que lá em cima (piso superior) poderia ser melhor aproveitado na parte da alimentação, teria um visual mais bonito. Nesta época de Natal, sempre faço compras aqui. Hoje vim comprar coisas para o panetone, cuca e carne de porco. O panetone eu faço a receita lá na praia, tento fazer ficar parecido. Neste fim de ano, desejo coisas boas para todos nós, principalmente para os funcionários do Mercado, que trabalham tanto nesta época e ainda atendem a gente bem.”

 

Misael Francisco de Carvalho e Vera Lúcia Peixoto (pai e filha)

Compras e à espera do Mercado pronto

“Estou com 84 anos e sempre vivi aqui dentro do Mercado. Gosto de tudo, compro uma coisa aqui, outra ali. E assim eu vivo dentro do Mercado. Agora estou com problema na perna, então venho com a minha filha para ela caminhar comigo”, conta Misael. “Compramos coisas de alimentação, frutas secas, doces em calda, estamos sempre circulando aqui dentro”, diz Vera sobre o fim de ano e a rotina no prédio. “E esperando a parte de cima ficar pronta, que é muito importante.”

 

Santa Luiz Bragança

Bacalhau e esperança

“Tenho 77 anos, sou de Santa Catarina, mas há muitos anos estou aqui, mais de 60. Sempre comprei aqui no Mercado, que hoje não é mais aquele, mas os preços ainda continuam melhores do que no supermercado. Frios e carnes eu busco aqui, saem mais em conta. Para o Natal, eu não compro as coisas aqui, mas no ano novo, sim. Levo bacalhau, que eu faço à espanhola, no forno: rego com azeite de oliva, com batata, pimentão, cebola, tomate, junto de uma salada verde. O meu Natal é um chester, uma salada salpicão, uma torta — tudo feito por mim. Minha mensagem é que as pessoas se amem mais e que tudo seja melhor no próximo ano.”

 

 

Boas festas no Mercado

Onde encontrar tudo o que você precisa

 

Bacalhau

Além de ter vários tipos de bacalhau, para todos os bolsos, o Mercado conta com verdadeiros especialistas em diversas das suas bancas.

Armazém 28, Banca 26, Banca 38, Banca 43, Banca Central, Banca do Holandês.

 

Bebidas

Tem de tudo no Mercado: cervejas, destilados, espumantes, sucos, vinhos e muita variedade para regar os paladares nas festas de fim de ano.

Banca 38, Banca 43, Banca do Holandês, Cachaçaria do Mercado.

 

Carnes, chester e peru

As tradicionais estrelas da mesa natalina podem ser encontradas nos muitos açougues do Mercado.

Açougue Big Bife, Açougue Ildo Pozzebon, Banca A, Casa de Carnes Santo Ângelo, Costelão do Mercado, San Remo Carnes, Supermercado de Carnes Rodeio.

 

Especiarias, temperos e grãos

Azeites, azeitonas, conservas, compotas, embutidos, frutas cristalizadas e secas, sardinhas, temperos diversos, vinagres, arroz, grãos em geral, entre outros itens são essenciais para dar aquele toque de sabor e aroma em qualquer receita.

Armazém 28, Banca 17, Banca 26, Banca 38, Banca 43, Banca 47, Banca Central, Banca do Holandês, Loja da Reforma Agrária, Macrobiótica Sauer.

 

Frutas

São duas bancas especializadas em frutas, legumes e verduras. Nelas você encontra frutas simples, exóticas, nacionais e importadas para deixar a mesa de fim de ano mais bonita.

Banca 10, Banca 11.

 

Hortifrúti

Temperos, dos mais simples aos mais sofisticados, estão nos nove boxes de hortifrúti do Mercado, além das bancas de frutas e verduras.

Box 2 Unidos, Alemão, Bagé, Pereira, Poliervas, Ponto Certo, Temperos e Sabores, Tio Raul. Bancas 10 e 11.

 

Panetones, doces e preparos

Panetones de variadas marcas são encontrados no Mercado, desde o tradicional com passas e frutas cristalizadas até o chocotone. Também doces de todos os tipos, inclusive com temática natalina: bolinhos, pães de mel, cupcakes, bolachas e tortas. Já para quem quer fazer o seu Natal artesanalmente, para consumir, presentear ou vender, são diversas bancas que oferecem todos os preparos, dos ingredientes às embalagens.

Armazém 155, Armazém do Confeiteiro, Armazém do Mercado, Armazém Doce, Banca 12, Banca 38, Banca 43, Banca do Holandês, Comercial Martini, Gueno, Martini 141, Mercado Doce, Padaria Copacabana, Padaria Pão de Açúcar.

 

Peixarias

Os clientes disseram e está comprovado: na mesa de fim de ano há muito espaço para os pescados. As peixarias do Mercado são referência na capital.

Coopeixe/Pescados e Cia, Peixaria Collar, Peixaria do Mercado, Peixaria Duporto, Peixaria Japesca, Peixaria Mar Azul, Peixaria São Lourenço.

 

COMENTÁRIOS