Mercado Público se mobiliza por um estacionamento

Mercado Público se mobiliza por um estacionamento

 

O estacionamento é o grande problema do Mercado Público, todos sabem. Numa época em que os grandes centros de compras, como shoppings e supermercados, já surgem com este grande diferencial, o Mercado – e seus clientes – sofre com as perdas e prejuízos para todos. Porém, enquanto, soluções não surgem, um grupo formado pelo SEBRAE, com apoio da Associação dos Permissionários e do Jornal do Mercado se mobiliza com pesquisas do abaixo-assinado intitulado “Você acha importante que o Mercado Público tenha um estacionamento para seus clientes e usuários?” para começar a resolver o problema. As listas para assinaturas já foram distribuídas pela Associação. Bancas e interessados em aderir ao movimento devem procurar a direção da ASCOMEP.

 

Entrevista

Sérgio Drepes – Advogado

JM – Como cliente do Mercado o senhor acha importante que ele tenha estacionamento?

Acho, com certeza, por causa do acesso em volta. É mais rápido e a gente tem mais uma facilidade de vir.

JM – O Senhor é freguês há quanto tempo?

Sou freguês há mais de 20 anos.

JM – Com o estacionamento facilitaria a sua vinda ao Mercado?

Sem dúvida, principalmente às sextas-feiras e aos sábados, que são os dias que eu venho. Mas acho que qualquer dia da semana seria interessante.

JM – E o senhor acha que a população deve reivindicar essa situação juntamente com o Mercado?

Creio que sim, pois os maiores interessados, além dos lojistas, é a população. E se ela vem é porque ela precisa do Mercado. E se precisa, é interessante que seja facilitado o acesso ao Mercado, não é verdade?

JM – O que o senhor costuma comprar no Mercado?

Bom, gêneros alimentícios. Compro, às vezes, produtos diversificados como mel, farinhas “diferentes”, bebidas, uma variedade grande de produtos. Principalmente na parte alimentícia, que é o que o Mercado oferece.

 

Depoimentos

Fortunato Garcia Machado – Presidente da Associação dos Permissionários

O Mercado não é um museu, mas é um prédio histórico, com uma história muito rica. Mas foi construído para o abastecimento. Na própria história do Mercado se percebe a importância do estacionamento, como é o caso do antigo estacionamento do Mapa, com espaço para centenas de carros. Onde hoje é a estação do Metrô existia um grande estacionamento, sempre houve estacionamento no entorno, se tirou isso e não se pensou como o Mercado ficaria. Temos ainda um problema de carga e descarga. Foi entregue um projeto para o secretário da Copa, o Fortunati. Nós entendemos que o estacionamento tem que ser subterrâneo. A nossa oportunidade é neste momento da Copa. Temos grande interesse. Não queremos acabar com o largo e com a sua história, queremos conforto e comodidade para o cliente do Mercado.

Sérgio Lourenço – Banca do Holandês

Em relação aos clientes a receptividade é muito boa. Para nós, como mercadeiros, é de importância vital. Não se pode mais imaginar o Mercado sem estacionamento. Seja ele subterrâneo, em parceria-público-privada, o estacionamento tem que sair do papel. É unânime! Com quem você fala aqui dentro todos querem o estacionamento. Talvez, uma das atitudes imediatas seria a colocação de um parquímetro aos sábados.

Júnior Silva – Flora 49

É importante que os donos de bancas e os funcionários devem ter a consciência que o estacionamento aos sábados é para o cliente, e não para uso próprio.

COMENTÁRIOS