Mercado Público reabre terça-feira

Mercado Público reabre terça-feira

 

Às 10h desta terça-feira, 13, o Mercado Público será reaberto. Técnicos do Corpo de Bombeiros autorizaram a reabertura apos vistoria no prédio, confirmando a adequação da estrutura às exigências de segurança para acesso do público. A avaliação técnica de segurança da estrutura possibilita a reabertura de forma parcial, para 73 estabelecimentos. Os oito restaurantes do andar superior e 29 lojas do quadrante voltado para a Júlio de Castilhos, com as estruturas afetadas pelo incêndio, permanecem fechados para as obras de recuperação.

 

O presidente da Associação dos Permissionários, Ivan Konig, agradeceu a solidariedade demonstrada desde o primeiro momento, no combate ao incêndio e na adoção das providências para atendimento dos permissionários e trabalhadores. “Reabrir o Mercado em 35 dias é fantástico diante do que ocorreu”, avaliou Konig.

Para o prefeito José Fortunati, a reabertura é resultado de um esforço coletivo empregado desde o incêndio registrado na noite de 6 de julho. “A cidade estava esperando essa notícia. Todos os envolvidos trabalharam unidos para devolver à população o mais rápido possível o grande patrimônio que é o Mercado Público”, manifestou Fortunati, destacando a atuação em parceria dos permissionários, órgãos da prefeitura, governo estadual, por meio da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e CEEE, e o apoio manifestado pela presidente Dilma Rousseff.

 

O comandante do Corpo de Bombeiros da Capital, Adriano Krukoski, confirmou a adequação do Mercado nos quesitos de segurança, como sinalização e infraestrutura de combate a incêndio. “Dentro do que foi acordado no TAC, a estrutura está adequada para reabertura do Mercado”, afirmou. O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê as exigências mínimas e garante a reabertura do Mercado Público foi assinado pela prefeitura, Ministério Público e Corpo de Bombeiros na última segunda-feira, 5. Entre as medidas estão a implantação de alarme antifogo, placas sinalizadoras luminosas e treinamento de comerciantes para situações de risco.

Recuperação – Fortunati enfatizou ainda que a prefeitura trabalha em paralelo às medidas para reabetura na elaboração do projeto para recuperação da parte atingida pelo incêndio. “Trabalharemos com o mesmo empenho para desenvolver o projeto e as obras de recuperação, para devolver completamente o Mercado à população em melhores condições do que estava antes do incêndio”, afirmou o prefeito, reforçando os critérios técnicos a serem observados na recuperação do patrimônio histórico.

 

 

Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

COMENTÁRIOS