Mercado Mundial dos Aromas – Kerala, Índia

Kerala, um dos estados mais importantes da Índia, chama a atenção pela produção das essências. Métodos primitivos de esmagar a frio, folhas, flores e frutas, produzem óleo com fortes e persistentes aromas.

 

Em pequenos frascos, vendidos por mililitros, os óleos participam de milenares procedimentos, usados tanto para a satisfação do nosso corpo como para resolver problemas da nossa alma ou para prevenir doenças da nossa matéria. A medicina oriental, milenar no conhecimento, trata por primeiro a pessoa e não a doença.

A tradição de curas por processos desconhecidos no Ocidente deve ter espantado os primeiros navegadores portugueses aqui chegados a partir de 1498. Sem o costume dos banhos, da higiene pessoal, da limpeza das roupas, mas acostumados à dieta alimentar exagerada na intoxicação do corpo, o contraste encontrado era estarrecedor. Além do uso de roupas finas, da seda confortável e macia, os banhos com essências e flores, o uso de óleos quentes e perfumados com massagens auxiliares mudaram os hábitos dos fidalgos aqui chegados.

As práticas médicas indianas são encontradas nos Vedas. A terapêutica está centrada na pessoa e no seu ambiente existencial. A Ayurveda remove a causa da doença e não os sintomas da moléstia. Para isso, utiliza ervas, óleos e os seus compostos. É preferível combater primeiro o surgimento das doenças do que depois adotar métodos químicos para eliminar os efeitos e os males decorrentes.

O conceito dos chacras, centros energéticos do corpo humano, foi desenvolvido pelos hindus – necessário para harmonizar os desequilíbrios existentes. O uso de massagens, do calor, de óleos e das essências é destaque dos diversos métodos que encontramos numa peregrinação filosófica através da Índia. Principalmente no estado de Kerala.

Importante atenção ao adquirir o produto. Além de tentar adivinhar, pelas provas, é preciso atenção quanto à pureza e à qualidade. Essências são dispendiosas; para reduzir o preço, a única solução é aumentar a diluição ou empregar subprodutos – produção de segunda prensagem, águas de lavagem ou a falsificação com produtos industriais. O barato sairá caro.

Essências de rosas, mistura de flores de Kerala e o jasmim são empregados na aromaterapia. O perfume irá atuar sobre o nosso sistema nervoso, sintonizando com novas vibrações e proporcionando estímulos energéticos, bem estar e a melhora do nosso astral.

Produtos como a canela, o pachuli e o sândalo são usados em massagens estimulantes: cada substância produzirá o efeito desejado quando alcançar a corrente sanguínea. O importante é cair nas mãos de pessoas habilitadas, capazes de perceber pelos dedos e pelas mãos quais as necessidades do nosso sistema imunológico e do nosso desarranjo emocional.

 

Usa-se a bergamota para reduzir a depressão, romero para curar lesões, canela para estimular o sistema nervoso, albaca para retirar energias negativas e enebro para mobilizar energias. Sem mãos de fada, não teremos bons resultados: é preciso acertar na escolha da massagista.

O método Unami, preconizado por Galeno, chegou à Índia através das invasões árabes. Avicena foi outro físico e filósofo que contribuiu para o desenvolvimento. Os alimentos, na sua assimilação pelo estômago, são transformados em diferentes substâncias. Algumas intoxicam o nosso corpo e exigem neutralização e eliminação.

A meditação, o método chinês do Yin e Yang, o yoga, a chikitsa e variantes, a shirodhara e a panchakarma têm seus seguidores e fanáticos adeptos por toda a Índia. Mas a aromaterapia será o foco da nossa atenção, foco nos processos de alívio e na cura das nossas moléstias, principalmente para as doenças globalizadas dos ocidentais, pessoas que não têm tempo para cuidar do “ser” preocupados apenas no “ter”.

Bastões de incenso possibilitam a purificação do meio ambiente com poucos recursos. No entanto, precisamos ter cuidado, já que a produção industrial usa solventes e produtos químicos aromáticos que trazem efeitos cancerígenos correlatos. Para muitos, ao final do dia, um banho de essências de rosas, banheira cheia de pétalas vermelhas, ambiente cercado de velas aromáticas, é o máximo que o prazer pode conceder. Vale a pena experimentar.

 

COMENTÁRIOS