Mais estrutura para melhorar a segurança no Mercado Público

“Finalmente a Coordenação da SMIC no Mercado Público entregou a chave tão sonhada da Central de Operações de Segurança do Mercado”, informa Paulo V. S. Fernan­dez, Administrador da Coordenação de Próprios da SMIC. A Central, que já está em operação, além de ser a base do serviço da Vigilância, também vai funcionar com uma Central de Monitora­mento, contando com o sistema CFTV, ou seja, Circuito Fechado de TV, que vai operar com 30 câmeras que serão instaladas brevemente pela Procempa – a companhia de processamento de dados do município. Ao lado da Central de Segurança também passará a funcionar um espaço dedicado exclusivamente para a manutenção predial do Mercado.

Mudanças no acesso ao Mercado
Também o ingresso no Mercado será mudado: a partir das 19 horas será fechado único acesso pelo qual hoje as pessoas podem ter acesso ao Mercado, ou seja a entrada junto junto Largo Glenio Peres. Segundo Paulo, as pessoas só terão acesso pela entrada que fica ao lado do atual SAT, Serviço de Atendimento ao Turista, junto ao elevador. A mudança visa trazer mais segurança e controle de quem entra e sai, uma vez que a Central de Segurança ficará exatamente em cima do SAT, tendo pleno controle dos três acessos principais ao 2º piso, ou seja, pelo elevador, pela escada comum ou pela escada rolante.

Enfermaria no Mercado
Paulo também informa que está sendo estudada a viabilidade da instalação de uma pequena enfermaria no Mercado para atendimentos de primeiros socorros aos funcionários. Maca, cadeiras de roda e profissionais da saúde deverão compor a instalação. Estas ações estão previstas no Projeto de Reorde­namento do Segundo Pavimento do Mercado.

COMENTÁRIOS