Grupo Ilê Ogum celebra Iemanjá

Celebração

 

Grupo Ilê Ogum celebra Iemanjá

 

No dia primeiro de fevereiro, véspera de feriado de Nossa Senhora dos Navegantes, o Grupo Ilê Ogum Já, do Babalorixa, Paulinho Koroquê, realizaram a celebração à Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes no centro do Mercado Público. Esse é o oitavo ano que este tipo de evento ocorre no Mercado, Pai Paulinho, que lidera a ação, fala da importância da celebração. “Representa o encontro das duas forças maiores na religiosidade do Mundo, que é Nossa Senhora dos Navegantes, protetora das águas e, Iemanjá, que é a Rainha das águas. Então é um encontro onde traz essa miscigenação junto a nossa fé. Esse dia, para nós, representa o dia da transformação da abundância da fertilidade, o dia do equilíbrio. Porque Iemanjá é a mãe da cabeça, mãe do pensamento. É a mãe que traz a paz, a saúde e o equilíbrio emocional”. O religioso “fez santo” em 1980, tendo 31 anos de orixá.

A religião afro conta com centenas de adeptos, sendo que em alguns casos, nem fazem parte da religião, que é o caso de Anelise Rodrigues do Amaral. A dona de casa fala de sua ligação com a religião afro. “Eu não trabalho em nenhuma casa, mas tenho uma ligação muito forte, creio muito na religião afro. Essa ligação é desde os meus 20 anos de idade. Eu acho muito importante essa celebração a Iemanjá”, afirma Anelise.

                                                                                                                                                                       Foto: Gabriel Reis/JM

COMENTÁRIOS