Fonte Talavera, novamente com os porto-alegrenses

Trabalho delicado e paciencioso devolve monumento à cidade em junho.

A Fonte Talavera, localizada em frente à sede da Prefeitura, está na fase na final do processo de restauração e reinstalação. Há três anos, durante um protesto público,ela foi danificada. As peças da restauração vieram da Espanha, onde foi concebida, e foram refeitas na Artesania Talaverana, localizada na cidade espanhola de Talavera de la Reina, depois de ter sido enviado o molde em gesso e argila. Além da restauração da bacia e demais peças, a fonte receberá limpeza completa e reforma nos dutos de água.

Tendo o arquiteto Edgar da Luz como responsável pela obra, a restauração está sendo executada com recursos do Fundo do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Funphac), com um custo estimado em R$ 49 mil, além do apoio do governo espanhol.

Histórico da Fonte Talavera

     O monumento foi um presente para Porto Alegre da Sociedade espanhola de Socorros Mútuos, pela passagem do centenário da Revolução Farroupilha em 1935. A peça porém, é uma construção original de 1855 e foi criada pelo artista Juan Ruiz de Luna, concebida em seu atelier em Talavera de La Reina (de onde vem o nome), na Espanha.

COMENTÁRIOS