Fevereiro 2014

 

Editorial

 

Em nossa primeira edição do ano, queremos renovar nossos desejos de que todos tenham um bom 2014, especialmente os nossos parceiros do Mercado Público. Depois de sete meses do incêndio, o nosso velho Mercado ainda não retomou 100% da sua normalidade, e os mais atingidos – os setes restaurantes da parte superior – ainda sofrem duramente as consequências. Até o fechamento desta edição ainda não tinham autorização para operar, provisoriamente, na área destinada aos eventos, no térreo. Mas os recursos começaram a ser liberados, e todos torcemos para que, em breve, o nosso Mercado seja aquele que sempre conhecemos: pulsante, vibrante e completo. Boa leitura! 

COMENTÁRIOS