Estudos de gestão devem ser estregues este mês

No final de novembro, o consórcio vencedor do edital de Procedimento de Manifestação de Interessa (PMI) solicitou a prorrogação no prazo para apresentar os estudos, que foi concedido pelo município.

 

O novo prazo é 17 de dezembro, data em que devem ser apresentados os estudos de requalificação, manutenção e operação do Mercado Público. O consórcio é formado pelas empresas Aloísio Zimmer Advogados Associados, Elemental Desenvolvimento Imobiliário e Concessões e Urbana Logística Ambiental do Brasil. Os estudos são a respeito da estrutura do local e da futura licitação da gestão do prédio. Com a PMI, a prefeitura busca meios de privatizar a gestão do Mercado, que provavelmente será por uma parceria público-privada. A Secretaria Municipal de Parcerias Estratégicas (SMPE) está responsável pelo recebimento dos estudos.

 

COMENTÁRIOS