Editora BesouroBox, visibilidade à afro-religiosidade

Com uma década de experiência no mercado literário, com três linhas editoriais (literatura, quadrinhos, espiritualidade) a editora BesouroBox fez alguns lançamentos recentes focados na comunidade afro-religiosa, que se relaciona diretamente com o Mercado Público.

 

CENTRO HISTÓRICO, por Emílio Chagas

Marco Cena, um dos sócios, começa explicando que a BesouroBox entrou no mercado editorial em 2005 com o livro “Doutor, eu ouço vozes”, do médico Mauro Kwitko, que trata da psicoterapia de vidas passadas. “Desde então, esse universo da espiritualidade e a sua história tem sido um tema que nos fascina.”

A editora tem selos específicos: BesouroBox para obras de literatura de ficção, contos, romances e novelas juvenis; BesouroLux assina literatura espírita, filosofia, bem-estar e ciência; 8 Graphics está voltado ao universo dos quadrinhos e, em 2015, foi lançado o selo Legião, voltado ao universo umbandista.

Foto: Bruna Dali/BBox27

Umbanda na linha de edições

O editor explica a inclusão do item umbanda: “Nosso comprometimento com todas as formas de crescimento vivo, a seriedade, o carinho com que trabalhamos as publicações dos livros espíritas/Kardecistas nos fortaleceu muito. E nos trouxe o reconhecimento, a confiança e a fidelidade dos leitores. Então pensamos: por que não levar essa mesma dedicação e respeito ao público umbandista?”.

Assim, foi criado o selo Legião, que pretende disponibilizar no mercado obras com profundidade temática e histórica, autores inéditos e já consagrados, “comprometidos com a evolução espiritual e o respeito que a Umbanda merece”.

 

Relação com o Mercado

O editor afirma que a editora se relaciona com a comunidade afro-religiosa, predominante no Mercado Público, “de portas abertas a todos que trazem boas novas, esclarecimentos e benefícios para a crescimento e fortalecimento do pensamento umbandista”.

Para ele a Umbanda, antes de ser uma religião, é um modo de vida, um norte de comportamento que constantemente precisa ser exercido e pensado. “A relação com nossos autores é, sobretudo, sadia e respeitosa. Eles fazem parte da nossa Legião e caminham conosco.”

 

Mercado e religiosidade

Sobre o Mercado Público como um marco de referência negra e afro-religiosa, diz que a editora recebe muitas pessoas de outros estados ligadas às religiões afro-religiosas. “E todas se admiram quando contamos sobre a participação do Mercado Público nesse universo. Temos prazer e orgulho de contar e mostrar isso a nossos visitantes.”

Mas reconhece que a caminhada ainda é longa no que se refere à questão da territorialidade negra enquanto religiosidade, não só no Mercado, mas na cidade: “Ainda temos muito o que fazer para conseguir maior respeito e reconhecimento. Para isso, o conhecimento, a leitura, a discussão comprometida com a verdade é imprescindível”.

 

Livros e lançamentos

Em 2018, a BesouroBox fez alguns lançamentos no selo Legião, como “As flores de Obaluaê — o poder curativo dos orixás” e “No reino de Exu — a retificação do destino”, ambos de Norberto Peixoto.

Também foram lançados “Ecos de Aruanda”, contos do Pai Caetano de Oxossi, e o segundo livro de Ramatís, refeito pela própria editora, chamado “Elucidações de Umbanda” (antigo “Samadhi”, o primeiro é “Reza forte”).

“Obras que consideramos fundamentais para quem vivencia ou quer vivenciar a Umbanda”, ressalta Marco. Neste mês de abril, a editora lança mais um título importante: “O transe no ritual na umbanda”.

Ele anuncia que muitos outros títulos já estão em trabalho, com várias parcerias de importantes autores sendo feitas e, inclusive, em breve, um novo projeto que estará à disposição dos leitores.

 

Religiosidade de matriz africana

O sócio afirma ter conhecimento da religiosidade de matriz africana do Mercado Público, com suas bancas, floras e mística. E aproveita para saudar todos aqueles que estão hoje envolvidos nessas ações que mantém viva a tradição de ancestralidade e espiritualidade no Mercado.

“Existe um pedacinho do Mercado Público no coração de cada gaúcho, sua arquitetura, seus personagens e principalmente seus cheiros, aromas, perfume dos incensos, flores e defumações como um grande e poderoso axé a todos.”

COMENTÁRIOS