Depoimentos aos 150 anos do Mercado

Foto: Letícia Garcia

“Nenhum monumento reúne tantos atributos e valores para os moradores da cidade quanto o Mercado Público. Possui valor excepcional do ponto de vista arquitetônico e exerce poderosa função econômica, que envolve extensas cadeias de fornecedores, intermediários e consumidores de todos os estratos sociais. A diversidade de classes, tipos e figuras no Mercado é notável e difere do que se pode encontrar em qualquer outro estabelecimento. Visitar o Mercado é uma imersão nas próprias memórias, na história pessoal e coletiva. Tudo isto é dito como uma forma de parabenizar o Mercado nos seus 150 anos, muito bem vividos, motivo de orgulho dos porto-alegrenses. Viva o Mercado Público!

Luiz Merino de Freitas Xavier – arquiteto da Coordenação da Memória Cultural/SMC


Foto: Josiele Silva/Sedac

“O Mercado Público de Porto Alegre representa um dos espaços comerciais culturalmente mais representativos do Estado do Rio Grande do Sul. Em vias de completar 150 anos, essa edificação de grande valor histórico, arquitetônico e urbanístico acompanhou boa parte das transformações da capital gaúcha, se afirmando, com o passar dos anos, como um local democrático e plural, onde a diversidade cultural e religiosa é respeitada e valorizada. Parabéns ao Mercado Público de Porto Alegre, aos seus ocupantes e aos seus usuários. Desejamos mais 150 anos de prosperidade e de manutenção do respeito à diversidade cultural.”

Eduardo Hahn – diretor de Memória e Patrimônio da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac)


Arquivo Pessoal

“O Mercado Público de Porto Alegre teve o seu ato de tombamento em 21 de dezembro de 1979 e foi registrado como segundo bem imóvel tombado pelo Município no Livro Tombo. Por uma arquitetura de referência, pela sua relação com o porto de Porto Alegre e com os frequentadores, mantém, até hoje, uma singularidade entre os Mercados Públicos do Brasil. Merece destaque e uma salvaguarda necessária todos os valores que retratam o seu patrimônio imaterial: seus cheiros, seus aromas, seus acessos, suas bancas, seus frequentadores e suas histórias fazem com que louvemos o nosso passado! 150 anos que merecem uma grande comemoração por este patrimônio cultural e pelo que simboliza para a nossa cidade.”

Ronice Giacomet Borges – coordenadora da Memória/SMC e presidente do Compahc


Divulgação

“O Mercado faz parte da história de Porto Alegre. Tudo o que aconteceu desde a instituição do Mercado mostra a importância que tem este espaço, inclusive para a atividade econômica da cidade, que ali acaba acontecendo. A sua história é muito rica. Todos os fatos que aconteceram no Mercado Público e no seu entorno fazem a história de Porto Alegre. O Mercado tem este pragmatismo como atividade comercial, cultural e turística para a cidade, então ele tem uma importância muito relevante nesta construção da história de Porto Alegre.”

Eduardo Cidade – Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico


Foto: Fabiane Pereira

“O Mercado é mais do que um prédio, são 150 anos de histórias, de onde 1,2 mil pessoas tiram o seu sustento. O mercadeiro tem uma ligação visceral com o Mercado, por isso tem força para lutar por ele, para mantê-lo aberto! Para recomeçar a cada ameaça. O mercadeiro não apenas conta uma história, ele faz a história! O mercadeiro atende no balcão, serve às mesas, puxa carrinhos, cobra no caixa, coloca mercadorias nas prateleiras, conversa com os clientes sem intermediários. São pessoas incansáveis, mas com muito amor ao que fazem! Que honram os antepassados, as pessoas que construíram essa cultura. O Mercado é superação! E a essência do Mercado é o mercadeiro. Um não vive sem o outro!”

Adriana Kauer – presidente da Ascomepc


Foto: Divulgação/CMPA

“É muito significativo o aniversário de 150 anos do nosso Mercado Público. Um século e meio de história, tradição e memória. Além de patrimônio histórico e cultural, é um patrimônio afetivo dos porto-alegrenses; um espaço vivo que movimenta e enriquece a capital dos gaúchos. Parabenizo o Mercado Público transmitindo todo o reconhecimento da Câmara Municipal de Porto Alegre às pessoas que o fazem diariamente.”

Mônica Leal – presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre


Arquivo Pessoal

“Falar do Mercado Público é entrar no túnel do tempo, por onde viajamos pelas memórias afetivas. Sabores, cheiros, sons e pessoas, tudo nos remete a um passado de ricas lembranças. Com um século e meio de história, o Mercado integra o roteiro dos turistas e da comunidade porto-alegrense. Os visitantes se encantam com a diversificação de produtos nas bancas e desfrutam, por exemplo, do ambiente e das iguarias do Restaurante Gambrinus, com 130 anos de história, ou das delícias da também histórica Banca 40. O Porto Alegre Convention Bureau saúda os 150 anos do Mercado Público, um dos maiores patrimônios históricos da nossa cidade.”

Luciane Brentano Pacheco – presidente-executiva do POA & Região Metropolitana Convention & Visitors Bureau


Foto: Edu Andrade

“O Mercado Público é uma das principais referências históricas de Porto Alegre. O prédio reúne comércio, cultura e evidencia a diversidade gastronômica da capital, abrigando restaurantes históricos como o Gambrinus, o mais antigo do estado. O Sindha reconhece a importância deste o patrimônio histórico para a manutenção de nossa cultura e espera que o local seja cada vez mais valorizado, como merece. Vida longa ao Mercado Público!”

Henry Starosta Chmelnitsky – presidente do Sindha


Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

 “Parabenizo e enalteço a importância do Mercado Público Municipal, que celebra os seus 150 anos e é um ícone do município, pois atrai muitos turistas e fomenta o desenvolvimento econômico da capital gaúcha. Alinhado às propostas de geração de emprego e renda da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo do RS, o Mercado Público possui tradição na política dos preços atrativos e bons produtos que oferta diariamente ao consumidor. Acredito veementemente que seja possível transformar o Mercado Público em uma referência ainda mais significativa nos quesitos geração de emprego e renda. Parabéns Mercado Público! Parabéns Porto Alegre!”

Ruy Santiago Irigaray – Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo

COMENTÁRIOS