Cordeiro de Deus, tradição na mesa da Semana Santa

Especial de Páscoa

 

Aqui um pouco da tradição da Páscoa, um pouco além do peixe e do chocolate. Um aspecto muito pouco lembrado, a origem da tradição do cordeiro na mesa durante a Semana Santa.

Para celebrar a tradição da Páscoa

“A origem está em Jesus”, diz Ademir Sauer, evocando as conotações religiosas desta tão pouco lembrada tradição. Ele afirma que a partir do pecado de Adão e Eva, Jesus veio para nos redimir. Gerando a expressão religiosa “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. E que, a partir disso então toda vez que o homem pecasse, sacrificaria um cordeiro para remissão desses pecados. Ademir cita o período que o povo hebreu foi escravo dos egípcios e do papel desempenhado por Moisés, que foi largado em um cestinho no Rio Nilo, na libertação do povo hebreu. Foi assim que surgiram as 10 pragas, uma delas remetendo diretamente geral se comemora com chocolate a Páscoa. Mas, segundo ele, os verdadeiros cristãos tem no cordeiro a sua verdadeira comemoração pascoal. ao cordeiro. Assim, segundo as explicações religiosas, o Cordeiro é Cristo que foi sacrificado para nos salvar. “Virou uma tradição, porque Jesus foi sacrificado na Páscoa”, diz Ademir. Ele também explica que no catolicismo o peixe e a Quaresma são as tradições mais fortes, assim como em

COMENTÁRIOS