Bienal do Mercosul

Criada em 1996, a Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, que tem como missão desenvolver projetos culturais e educacionais na área de artes visuais, favorecendo o diálogo entre as propostas artísticas contemporâneas e a comunidade. Nos anos ímpares, a Fundação promove o evento Bienal do Mercosul, reconhecido como o maior conjunto de eventos dedicados à arte contemporânea latino-americana no mundo, oportunizando o acesso à cultura e à arte a milhares de pessoas, de forma gratuita.

 

As primeiras ações em direção ao que hoje se constitui na Bienal do Mercosul foram iniciadas pela produtora cultural Maria Benites Moreno, que elaborou um anteprojeto para uma Bienal do Cone Sul. Sua intenção era dar visibilidade à produção latino-americana. Ao mesmo tempo, um grupo de artistas discutia novas possibilidades de intercâmbio entre a América Latina. Embora os dois movimentos não estivessem ligados, o projeto acabou ganhando uma dimensão pública. Mas o início, de fato, do processo de constituição da Bienal do Mercosul realizou-se em 1995, na residência do empresário Jorge Gerdau Johannpeter. Lá se reuniram o Governador do Estado, o Secretário de Estado da Cultura e outras autoridades, com artistas, colecionadores, empresários e representantes dos setores culturais, que lançaram a proposta de fazer uma Bienal de Artes Visuais. O grupo foi liderado na época por Jorge Gerdau Johannpeter, e viam na realização da Bienal do Mercosul uma possibilidade concreta de investimentos na área cultural e artística, através da responsabilidade social.

Em abril de 1996 a Comissão Organizadora da Bienal de Artes Visuais do Mercosul aprovou o projeto básico da primeira bienal, assim como o esboço dos estatutos sociais da Fundação. ­­Ainda em 1996, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul aprovou a criação de uma lei de incentivo à cultura, que foi regulamentada em maio de 1997, permitindo a realização da primeira Bienal do Mercosul, em setembro deste mesmo ano.

Passados dezessete anos desde a sua criação, a Bienal do Mercosul consolida-se como um dos mais importantes eventos das artes na América Latina, com nove edições já realizadas em Porto Alegre.

Este ano está acontecendo a 10º edição. De 24 de outubro a 6 de dezembro, o público está tendo acesso às exposições localizadas no Centro Histórico da cidade: Usina do Gasômetro, Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (MARGS), Memorial do Rio Grande do Sul, Santander Cultural, Centro Cultural CEEE Erico Verissimo e no Instituto Ling, zona norte de Porto Alegre.

Fonte: http://www.fundacaobienal.art.br/

COMENTÁRIOS