HomeEspecial

Bebidas: espumantes e vinhos

ESPECIAL, Natal

 

Não há comemoração ou celebração sem um bom espumante, ou champanhe, considerado o Rei dos Vinhos e uma das bebidas mais deliciosas do mundo. É o vinho das festas por natureza. No Natal e, especialmente, no fim do ano, ele é uma presença obrigatória por simbolizar a alegria e a confraternização.

Histórico
O vinho espumante natural é um vinho cujas características e métodos de fabrico foram importados da França. Dos vinhos espumantes naturais faz parte a mais famosa de todas as bebidas, o champagne. O espumante é um vinho cuja efervescência resulta de uma segunda fermentação alcoólica, em garrafa ou outros recipientes fechados.

Champanhe – Origem e Original
Todo o champagne é espumante, mas nem todo o vinho espumante é champanhe. Só se este for oriundo da região do norte da França e adicionalmente mencionar método “champenoise”, ou seja, a fermentação dentro da própria garrafa. O que não for produzido dentro destes critérios denomina- se espumantes.

 

DEPOIMENTO

Adolfo Alberto Lona é uma das principais referências nacionais em vitivinicultura. Formado em Enologia pela Escola Don Bosco de Mendoza, este argentino dedica sua vida ao crescimento e à qualidade do setor vinícola do país.

O cativante espumante natural
O espumante natural popularmente conhecido como champanha pela associação com a região de Champagne na França onde tudo começou, é uma bebida sempre presente nos momentos festivos, comemorações, datas especiais, etc. Conhecido como o Vinho dos Reis porque a pequena produção inicial no século XVIII era reservada às cortes, nela era consumido durante os grandes acontecimentos e festas reservadas. Talvez por isso o mundo adotou essa modalidade e reserva seu consumo para momentos festivos e no Natal e Fim de Ano. Existe ainda muito preconceito a esse respeito que felizmente, devido a grande versatilidade desta maravilhosa bebida, está mudando. O espumante natural é o derivado do vinho que mais cresce no mundo e também no Brasil. Esse aumento acontece ao longo do ano devido a que começa a ser considerado um excelente companheiro de aperitivos e refeições. Não é raro hoje ver pessoas nos restaurantes consumi-los acompanhando os mais variados pratos. O Rio Grande do Sul produz espumantes naturais da mais alta qualidade, com certeza a melhor do Cone Sul, devido às condições de clima que permite obter uvas com mediano grau de maturação a exemplo do clima na região de origem na França. Com estas uvas é possível elaborar vinhos com um bom grau de acidez e frescor, ideais para espumantes de qualidade. A variedade de gostos e tipos permite acompanhar todas as etapas de uma refeição, desde o aperitivo até a sobremesa.
A harmonização perfeita: Inicie os aperitivos com um espumante Nature, absolutamente seco e delicado, acompanhe o primeiro prato com um fresco Brut, reserve o valente e versátil Brut Rosé para o prato principal e finalize esta maravilhosa experiência eno-gastronômica com um Demisec ou um amável e alegre Moscatel. Certamente descobrirá quanto é fácil ser feliz quando se aproveitam os pequenos prazeres que a vida oferece.

 

COMMENTS