Bancada do PT discute balanço da cidade no Mercado Público

Um café da manhã entre a Bancada Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Porto Alegre e a Executiva Municipal foi organizado no Mercado Público. As equipes se reuniram na manhã desta quinta-feira (13) para fazer um balanço dos seis meses do governo Marchezan (PSDB) em Porto Alegre.

Bancada do PT no Mercado Público

Foto: Marta Resing

Dentre os temas discutidos, estava a possível concessão da gestão do Mercado Público à iniciativa privada, citada pelo prefeito em fevereiro de 2017.  De acordo com o documento disponibilizado pela equipe, que é contra a ideia manifestada pelo atual líder da cidade, o Ministério Público ajuizou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a prefeitura ajustar medidas.

A Bancada ainda registra que parte dos 97 permissionários discorda desta ideia devido à importância do Mercado – além de espaço cultural, é centro de abastecimento balizador de preços na cidade, no qual muitas redes de supermercado consultam antes de fazer promoções. Esta situação tem gerado grande alvoroço, pois, até o momento, o prefeito apenas mencionou fazer uma concessão e não dialogou diretamente com os permissionários, como registra o documento do PT.

Participaram do encontro os vereadores Adeli Sell, Aldacir Oliboni e Sofia Cavedon, a ex-vereadora Margarete Moraes, o presidente do PT Municipal Rodrigo Dilélio, a representação do vereador Marcelo Sgarbossa (em licença), o ex-prefeito Raul Pont e lideranças comunitárias.

COMENTÁRIOS