Banca do Holandês comemora 100 anos no Mercado

Nesta quarta-feira(27), a Banca do Holandês completou 100 anos de existência no Mercado Público. Durante a tarde, clientes e funcionários se juntaram para cantar o parabéns e comemorar o centenário de uma das bancas mais tradicionais do Mercadão.

Inicialmente denominada como Banca 31, foi fundada em 1919 por Dirk Van Den Brul, um holandês, o que fez com que todos começassem a chamar o estabelecimento de Banca do Holandês, que posteriormente se tornou o nome oficial da banca. Quando Dirk faleceu, o controle foi passado para alguns funcionários. Destes, Renato Jardim Rosa comprou a parte dos demais. É considerada a primeira loja de especiarias de Porto Alegre, mantendo-se no mesmo local desde o início. Após a reforma do Mercado, o espaço foi ampliado, assim como o número de funcionários.

A banca foi crescendo junto com o Mercado e, hoje, colhe os frutos de uma história construída junto aos seus clientes. “Esta marca tão querida pelos porto-alegrenses tem como propósito democratizar o comer bem e como missão proporcionar o prazer da alimentação por meio de produtos e atendimento especializado. Nunca esquecendo que os nossos maiores valores são confiança e relacionamento”, diz Sérgio Lourenço, proprietário.

 

COMENTÁRIOS