Aberta a temporada de 2019 do Porto Verão Alegre

O festival completa nesta edição 20 anos de existência e se consagra como um dos maiores eventos privados de arte do Brasil.

De 8 de janeiro a 17 de fevereiro, o Porto Verão Alegre realizará 117 atrações espalhadas em 17 espaços de arte nas cidades de Porto Alegre, Canoas, Gravataí e Camaquã. A programação se divide entre espetáculos de música, teatro, mágica, dança e oficinas. Os ingressos custam entre R$20 e R$40 e podem ser adquiridos nos pontos de venda credenciados (confira aqui).

 

Destaques da programação

CENASIG

Sessão de teatro seguida de um debate conduzido em parceria com a Sigmund Freud Associação Psicanalítica, no Instituto Ling (Rua João Caetano, 440), às 20h.

– 8 de janeiro – Espetáculo O Sertão em mim – monólogo livremente inspirado na obra Grandes Sertões Veredas, de Guimarães Rosa. Com texto de Fernando Kike Barbosa (direção) e Nina Eick (atuação). Classificação: 14 anos. Duração: 50 minutos.


– 15 de janeiro – Que raio de professora sou eu – história de Laura, uma professora de história. Mora sozinha e está trocando de apartamento. Na medida em que retira os objetos das caixas reflete sobre sua vida e, em especial, sobre sua condição de educadora. Textos de Fanny Abramovich com adaptação de Artur José Pinto, com direção de Néstor Monasterio e atuação de Heloisa Palaoro. Classificação: Livre. Duração: 55 minutos.

 

CINEMA

Ciclo de Cinema “Cine ao Leo”, homenagem ao ator Leonardo Machado. A programação é gratuita e será formada pela exibição de um filme do qual o ator gaúcho participou. A exibição será às terças-feiras, às 15h, no Studio Clio (Rua José do Patrocíni0, 698). Há 90 lugares disponíveis por sessão. A entrada é garantida por ordem de chegada.

A programação será a seguinte:

–  15 de janeiro – Em teu nome (2010), de Paulo Nascimento

–  22 de janeiro – Teu mundo não cabe nos meus olhos (2016), de Paulo Nascimento

–  29 de janeiro – A superfície da sombra (2017), de Paulo Nascimento

–  05 de fevereiro – A cabeça de Gumercindo Saraiva (2018), de Tabajara Ruas.

 

OFICINAS

As oficinas gratuitas incluídas na programação desta edição acontecerão no Teatro do SESC em Porto Alegre (Av. Alberto Bins, 665), na Sala Érico Veríssimo, no 3º andar, das 18h30 às 20h30. Há 25 vagas por oficina. As reservas devem ser feitas pelo e-mail contato@portoveralegre.com.br.

A programação será a seguinte:

– 15 e 16 de janeiro – Vivências Circense para Um Palhaço (uma turma diferente em cada dia) – Ministrada por Tuta Camargo – objetivará a vivência de técnicas direcionadas ao palhaço, de forma introdutória, através de jogos e técnicas.

– 29 de janeiro- Maratona de Escrita à Mão – Ministrada por Patsy Cecato, Maurício Ferreira Chemello e Matheus Mayer Almeida –  Aborda um novo formato da escrita criativa, onde se estimula a criação do texto de forma livre das amarras teóricas e antes do gênero.

– 30 de janeiro – Oficina de Expressão Pessoal – Ministrada por Patsy Cecato –  objetiva o desenvolvimento da criatividade, do carisma, da expressão e da imagem pessoal, construindo uma performance social mais completa. Utiliza as técnicas de teatro. 

 

CISNE BRANCO

Atrações culturais serão apresentadas às quintas-feiras em passeios do Barco Cisne Branco às 20h, no Atracadouro do Gasômetro (atrás da Usina do Gasômetro), Av. Presidente Goular, 551. Os ingressos antecipados custam R$40,00 a atração + R$20,00 o passeio, e na hora R$40,00 a atração+ R$30,00 o passeio. Eles já podem ser comprados pelo site www.portoveraoalegre.com.br a partir de quarta-feira, 19/12.

 – 17 de janeiro e 07 de fevereiro – Sexteto – um show musical, cabaré burlesco, o humor com ares de tragédia, sexo com ou sem tabu, ou o que o distinto público quiser. A classificação é 14 anos, e a duração, 75 minutos. Com letras de Artur José Pinto e a banda, composta Cintia Ferrer, Heloisa Palaoro, Leo Ferlauto, Lucas Krug, Néstor Monasterio e Renato Mujeiko. A direção é de Néstor Monasterior.

– 24 de janeiro – Sarau Voador com Deborah Finocchiaro e Roger Lerina

Versátil e itinerante, o Sarau Voador reúne diferentes manifestações artísticas em um encontro marcado pela liberdade criativa, pelo compartilhamento e pela transposição de linguagens. Nessa edição, “Benção Poetinha”, a atriz Deborah Finocchiaro e o jornalista Roger Lerina, recebem a cantora Anaadi e o maestro Pablo Trindade para homenagear o mestre Vinicius de Moraes. Pintura ao vivo por Alexandre Carvalho.

– 31 de janeiro – Pedrinho Figueiredo, acompanhado por Daniel Sá no violão e Everson Vargas no contrabaixo, apresenta um passeio por temas consagrados da Bossa Nova.

– 14 de fevereiro – Trabalhos Espaciais Manuais (TEM): é uma pequena orquestra de música popular, que desenvolve sua sonoridade através do formato Baile-Show, onde estilos como o samba, o funk, jazz e o afrobeat são misturados em uma atmosfera dançante em que onde é impossível ficar parado.

 

 

COMENTÁRIOS