A gestão chega ao Mercado

Sebrae, Banco do Brasil, Associação dos Permissionários e Jornal do Mercado são as entidades que estão à frente do projeto para modernizar as relações comerciais do velho Mercado através do Projeto Mercado Público.

 

Serão 8 encontros, de duas horas reunindo representantes de todos os segmentos de vendas do Mercado. O primeiro encontro reuniu 17 participantes, que foram divididos em quatro grupos para apontar os principais problemas vivenciados pelos mercadeiros no dia-a-dia. Adriana Ribas, técnica do Se­brae/RS que está coordenando o projeto, informa que os próximos passos é reunir novamente o grupo (aberto a interessados) para apontar os caminhos e soluções e, a partir disto, buscar um direcionamento, parcerias, recursos e montar um planejamento estratégico para todo o MP.
Adriana também informa que tudo começou com uma pesquisa inicial, aplicada em 87 estabelecimentos do Mercado. O estudo apontou que quase 50% dos permissionários estão há mais de 20 anos no local e mais de 75% nunca participaram de cursos de gerenciamento. “São empreendedores que, na sua maioria, passam o conhecimento prático da atividade de pai para filho”, analisa o consultor do Sebrae/RS, Fernando Soares, que atende o grupo.  Além desses dados, ele salienta que a maioria dos empresários não possui vendas pela internet e grande parte não tem nem o interesse nisso. “Essa é uma oportunidade para apresentarmos as vantagens da venda pela internet e a importância de estarem atualizados em novas tec­nologias”, diz.
Com este projeto Adriana acredita que os permissionários vão conseguir se enxergar dentro do processo, detectar os vários problemas e a “arrumar a casa”. Para ela o importante é se capacitar para enfrentar o mercado e dar um rumo para cada segmento. “Queremos trabalhar a gestão dos empreendimentos para desenvolver seus diferenciais; destacar que é um local de referência em vendas de especiarias e na comercialização de produtos a granel”, afirma. Conforme ela, algumas ações já estão em andamento, como a construção de um novo site para o Mercado Público, realização de uma pesquisa de mercado para avaliar o perfil do público que transita no Centro e o desenvolvimento de uma nova logomarca.

 

 

COMENTÁRIOS