Vinho no verão? Sim!

Para desmistificar a ideia de que vinho só deve ser consumido no inverno, as sugestões deste mês trazem opções refrescantes da bebida. Eles casam bem com o clima da primavera, podem ser consumidos em altas temperaturas ou acompanhando pratos leves. 

 

Faces Jogos Olímpicos Rio 2016 Pinot Noir Rosé

Da vinícola gaúcha Lidio Carraro, esse vinho faz parte de uma linha especial desenvolvida para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Leve e refrescante, foi pensado para agradar apreciadores em diferentes circunstâncias de consumo. Tem aromas com notas de pêssego, cereja e especiarias. Ótimo volume e acidez completamente integrada que confere frescor e profundidade ao vinho. Harmoniza com frutos do mar, carnes brancas, sushi.

 

 

Marcus James Happy Hour

Da linha Marcus James, produzida pela Vinícola Aurora, esse frisante é extremamente equilibrado, refrescante e muito agradável. O aroma é típico das variedades Moscatéis. Para o verão, é perfeito para ser consumido na piscina ou na praia, sozinho ou acompanhado por refeições mais leves e petiscos.

 

 

Miolo Gamay

E quem disse que vinho tinto não pode ser leve? A Vinícola Miolo traz nesse vinho da variedade Gamay, proveniente dos vinhedos do Seival localizados na região da Campanha, aroma e leveza particulares. É equilibrado e com estrutura suave, tem coloração rubi de média intensidade, alta tipicidade trazida pelo processo de maceração carbônica, aromas de morango, goiaba e maçã caramelada. É ideal para ser consumido como aperitivo, ou acompanhando carnes brancas, saladas e queijos.

 

 

Cave de Pedra Espumante Moscatel

Frescor e suavidade definem esse espumante. Tem coloração clara, com notas esverdeadas. No olfato, muito frutado, com ênfase para pera, maçã, melão e mel, um toque floral, remetendo a flor de laranjeira. Equilibrado e saboroso, é a perfeita fusão entre Moscato e Malvasias. Para harmonizar, bolos doces, biscoitos e panetones.

COMENTÁRIOS