Premiado trompetista gaúcho é atração no Festival Chapéu Acústico

Na quinta-feira, 28 de setembro, o músico Jorginho do Trompete se apresentará na Biblioteca Pública do Estado com o show “Improvisos para Trompete e Piano”, que elaborou especialmente para o Festival Chapéu Acústico. A partir das 19h, acompanhado do pianista Ras Vicente, o premiado instrumentista porto-alegrense brindará a platéia com muito jazz, samba e bossa nova, além de obras de sua autoria.

Foto: Divulgação/Marcos Monteiro

Com improviso e bom humor, o show integra o festival , que celebra um ano de projeto musical, coordenado pelo fotógrafo e produtor Marcos Monteiro. A entrada se dá mediante contribuição espontânea.

 

Jorge Alberto de Paula, “Jorginho do Trompete”

Natural de Porto Alegre, Jorge Alberto de Paula teve seu primeiro contato com o instrumento aos 9 anos, na banda do Colégio Isabel de Espanha e aos 14 anos, já tocava profissionalmente em bares e casas noturnas da Capital. Aperfeiçoou seus estudos na Escola da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) e seguiu sua vida, sempre estudando música e tocando com os melhores instrumentistas brasileiros. Segundo o escritor e também músico, Luiz Fernando Veríssimo, Jorginho do Trompete é um dos maiores do mundo no seu instrumento. Participou do Festival Sanari-Sur-Mer (França), em 1996, agradando a crítica. Em três oportunidades, em 1996, 1997 e 1998 atuou como convidado do grupo do músico uruguaio Oswaldo Fattoruzzo, no Festival de Jazz de Punta Del Este, no Uruguai. Profissionalmente, é músico da Banda Municipal de Porto Alegre, desde 1999, ano em que gravou um CD autoral de música instrumental com composições próprias, em show no Teatro Renascença.

Foto: Divulgação/Marcos Monteiro

Nos prêmios, ganhou como Melhor Intrumentista, no Troféu Açorianos de Música, em 1992, 1993, 1994, 1995 e 1996. Foi ganhador do Festival Moenda da Canção, em Santo Antônio da Patrulha. Também mostrou seu trabalho em Festivais de Verão, na frança, em 1996, 1997 e 1998. Jorginho atuou vários anos como músico de bandas de samba, swing e samba rock, tendo a oportunidade de acompanhar nomes como Branca di Neve, Bebeto, Reinaldo e tantos outros.

COMENTÁRIOS