HomeSem Categoria

58ª Feira do Livro A velha feira na nova Praça da Alfândega

58ª Feira do Livro A velha feira na nova Praça da Alfândega

 

Caracterizando-se por amplos espaços, a última Feira do Livro adaptou-se muito bem na nova Praça da Alfândega. Na avaliação da Câmara Rio-grandense do Livro, o evento de 2012 foi ainda mais valorizado depois da conclusão das obras do projeto Monumenta. O tempo bom trouxe o público e contribuiu para o sucesso da edição desta Feira, por onde passaram, segundo a Brigada Militar, mais de 1.300.000 pessoas. A acessibilidade teve tratamento especial, com as instalações adaptadas para o trânsito de deficientes físicos.  No Cais do Porto, monitores receberam e conduziram deficientes visuais por atividades específicas. A parceria com a Confraria das Letras em Braille rendeu a apresentação de 10 títulos em braille, que foram distribuídos para escolas e bibliotecas públicas do interior do Estado e entidades de atendimento ao deficiente visual. Em outro espaço, coordenado pela Associação dos Cegos do Rio Grande do Sul, eram disponibilizados audiolivros no formato MP3.  Foram comercializados um total de 411.056 livros vendidos e realizadas 702 sessões de autógrafos. A maior fila registrada foi da escritora e cronista Martha Medeiros. O patrono deste ano foi o poeta e publicitário Luiz Coronel.

COMMENTS