1º aniversário da Feira de Antiguidades

Comemoração

 

1º aniversário da Feira de Antiguidades

 

Ela é extremamente adequada ao Mercado Público, um monumento à memória e tradição dos nossos costumes mais antigos, convivendo com o contemporâneo. Assim é a Feira de Antiguidades, com raridades e objetos que fazem uma viagem no tempo, mas que soam altamente modernos em ambientes com bom gosto e requinte em decoração.

 

 

Foi exatamente no dia 3 de outubro de 2009, mesmo dia de aniversário do Mercado que a Feira preparava uma homenagem aos seus 141 anos.  A Feira, desde lá, passou a ser um novo atrativo em seu interior.  A cada edição a Feira tem temáticas diferenciadas, sempre trazendo atrações inusitadas e valorizando o trabalho de artistas que buscam seu espaço no cenário local. Segundo Marcelo Gonzalez, que coordena a Feira de Antiguidades, a Feira trouxe para o Mercado um público diferente, que se somou ao que já circulava e fomentou ainda mais o comércio. “Nós tínhamos um público de fora do Mercado, que eram nossos clientes. Então eles começaram a vir ao Mercado especialmente aos sábados. A gente tinha um patamar de público elevado, que no qual serviu para todo mundo, serviu para nós e para os permissionários do Mercado”, explica Marcelo. O coordenador fala das expectativas para o próximo ano e das intenções da Feira. “As expectativas são ótimas. Está aumentado cada vez mais, e o pessoal nos procura dentro do Mercado, tanto para saciar curiosidades e crescer economicamente”, informa. O tema da última exposição da Feira de Antiguidades, teve outra feira como inspiração, a do Livro. Trata-se de uma reprodução de como ela era no seu começo, época em que havia apenas dez bancas.

 

 

 

Foto: Guilherme Roncado – PMPA

COMENTÁRIOS